Acervo da Polícia Militar da Bahia é premiado pela Unesco no Rio de Janeiro

O site Caminhos do Rio é dedicado à divulgação da cultura popular do Rio de Janeiro e demais municípios do Estado do Rio. Porém, abrimos espaço para divulgação de notícia sobre importante premiação, acontecida no Rio de Janeiro, na qual foi agraciado o Arquivo da Polícia Militar da Bahia.

O Arquivo da Polícia Militar da Bahia foi oficialmente premiado pela Unesco com o título “Memórias do Mundo”, em solenidade que acontece nesta quinta-feira (07/12), na sede do Instituto Geográfico Histórico do Rio de Janeiro. Com o título, a organização internacional chancela a qualidade patrimonial dos livros manuscritos e datiloscritos guardados pela instituição militar baiana, juntamente com outros nove acervos brasileiros. Este é o primeiro acervo de Polícia Militar do Brasil a integrar o programa Memória do Mundo da Unesco.

Representaram a PMBA no evento, o coronel Anildo Batista, Comandante de Policiamento Regional da capital baiana, e o major Raimundo Marins, historiador e coordenador de Documentação e Memória da PM.

No quartel do Comando Geral da PMBA, em Salvador, é possível ter acesso a registros importantes da história da corporação, da Bahia, do Brasil e da América Latina, a exemplo da Guerra do Paraguai, a Campanha de Sergipe, a Guerra de Canudos, a Revolução de 1930, a Revolta Comunista de 1935 e Cangaço.

Anualmente a Unesco seleciona aproximadamente 10 acervos nacionais e o da PMBA é o único da região Nordeste a entrar na lista deste ano. 

Confira neste link a relação do Registro Nacional do Brasil do Programa Memória do Mundo 2017: http://mow.arquivonacional.gov.br/

Parabenizamos a todos os profissionais envolvidos nesse importante trabalho, pela justa premiação.

E nossa torcida para que essa premiação seja motivadora para mais e mais trabalhos significativos como esse, por diversos institutos, em todas as unidades da Federação.

Nosso agradecimento.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

MAIS PROCURADOS