Nona Sinfonia – Regência Claudio Cruz / 109 anos do Theatro Municipal

0
66

O Theatro Municipal do Rio de Janeiro tem o prazer de apresentar, nos dias 13 e 14/07, dois eventos marcantes na agenda cultural da cidade, em prosseguimento à Temporada Oficial de 2018.

Na sexta-feira (13/07), às 19h30, o novo maestro titular, Claudio Cruz, estreia à frente da Orquestra Sinfônica do TMRJ, regendo a Nona Sinfonia de Beethoven. No sábado (14/07), às 14h, começam as comemorações dos 109 anos do Theatro, oferecendo ao público programação variada, com entrada franca, da qual participam os três Corpos Artísticos da casa, e que se estende até a noite.

A escolha da Nona, a mais conhecida sinfonia da música ocidental, para abrir as comemorações do aniversário do Theatro Municipal, não se deu por acaso. “Decidimos apresentar um título emblemático do repertório sinfônico, que utilizasse dois dos Corpos Estáveis da casa, Orquestra e Coro. Sem dúvida a Nona Sinfonia é uma obra que transpira alegria” – diz o maestro titular da OSTM.

Aos 51 anos, considerado um dos mais brilhantes violinistas brasileiros de sua geração, o paulistano Claudio Cruz desenvolve paralelamente intensa atividade como maestro, regendo algumas das mais importantes orquestras brasileiras. Atualmente é regente e diretor musical da Orquestra Jovem do Estado de São Paulo e primeiro violino do Quarteto de Cordas Carlos Gomes.

Convidado pelo presidente Fernando Bicudo a comandar a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal, ele enumera os motivos que o levaram a assumir o posto de maestro titular: “Aceitei o convite pela grandiosidade desta casa, com certeza, um dos teatros mais importantes do país, se não o mais importante. Também pela possibilidade de trabalhar com Corpos Estáveis de grande excelência e ainda pela oportunidade de realizar óperas e balés de repertório, além de auxiliar de alguma forma o Theatro Municipal neste momento”.

O Theatro Municipal é vinculado à Secretaria de Estado de Cultura.

THEATRO MUNICIPAL COMEMORA 109 ANOS  DE PORTAS ABERTAS AO PÚBLICO

Como é tradição nesta data, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro comemora seus 109 anos de existência com as portas franqueadas ao público e uma extensa e diversificada programação que se estende ao longo do dia.

O programa será aberto às 14 horas com o Divertissement de Aniversário, apresentado pela Escola de Dança Maria Olenewa do TMRJ e criado exclusivamente para a ocasião. Segue-se o espetáculo Modinhas que não saem de Moda, com integrantes do Coro do TMRJ. Durante cerca de uma hora será mostrado selecionado repertório de diferentes períodos, através de roteiro teatral, dinâmico e informativo.

As comemorações prosseguem com o Quarteto Atlas, formado por quatro dos principais músicos da OSTM, interpretando um amplo repertório que abrange composições da Villa-Lobos, Dmitri Shostakovich e Ricardo Cândido. O concerto dura aproximadamente uma hora.

O programa de encerramento da noite coloca em cena os três Corpos Artísticos do Theatro Municipal, Ballet, Coro e Orquestra. Na primeira parte, será reapresentado o último ato de Raymonda, recentemente aclamado no espetáculo Joias do Ballet, com a participação do Corpo de Baile e OSTM, regida por Jésus Figueiredo. Para fechar as comemorações em clima festivo, nada mais apropriado que a Ode à Alegria (4º movimento da Nona Sinfonia de Beethoven), com o Coro e a Orquestra do TMRJ, sob a regência do maestro titular, Cláudio Cruz.

Um dos mais imponentes e belos prédios do Rio de Janeiro, o Theatro Municipal, inaugurado em 14 de julho de 1909, é considerado o principal teatro do Brasil e um dos mais importantes da América do Sul.  Sua história mistura-se  com a trajetória da cultura do país. Ao longo de mais de um século de existência, tem recebido os maiores artistas internacionais, assim como os principais nomes nacionais, da dança, da música e da ópera. Vinculado à Secretaria de Estado de Cultura e atualmente presidido por Fernando Bicudo, o TMRJ se orgulha de abrigar três Corpos Estáveis (Ballet, Coro e Orquestra). Em 2018, foi eleito em pesquisa junto ao público como o “teatro mais amado do Rio”. Comemoremos!

  PROGRAMAÇÃO

SEXTA-FEIRA- 13 de julho, 19h30

  NONA SINFONIA de Ludwig van Beethoven

  Coro e orquestra Sinfônica do TMRJ

  Regente: Maestro Cláudio Cruz

Solistas:

Michele Menezes, soprano

Andressa Inácio, contralto

Ivan Jorgensen, tenor

Anderson Barbosa, baixo

INGRESSOS:

Plateia, Balcão Nobre, Frisas e Camarotes – R$40

Balcão Superior – R$20

Galeria– R$ 10

Duração: 80 minutos aproximadamente. Livre.

SÁBADO- 14 de julho

ESPETÁCULOS COMEMORATIVOS DO 109º ANIVERSÁRIO DO TMRJ

Entrada franca

14h- Divertissement de Aniversário – Escola de Dança Maria Olenewa do TMRJ

Duração: 35 minutos. Livre.

16h- Espetáculo Modinhas que não saem de Moda, com integrantes do Coro do TMRJ

Duração: 60 minutos. Livre.

18h-Apresentação do Quarteto Atlas, composto por integrantes da OSTM

Duração: 60 minutos. Livre.

20h – Apresentação dos Corpos Artísticos do TMRJ:

PRIMEIRA PARTE: Último ato do balé Raymonda, com o Ballet e a Orquestra do TMRJ

Regente: Maestro Jésus Figueiredo

Duração: 18 minutos. Livre.

SEGUNDA PARTE: Ode à Alegria (4º movimento da Nona Sinfonia de

Beethoven) com o Coro e a Orquestra do TMRJ.

Regente: Maestro Cláudio Cruz

Mesmos solistas do dia 13/07.

Duração: 25 aproximadamente

Theatro Municipal do Rio de Janeiro – Praça Floriano s/n° – Centro

Lotação – 2.226 lugares