Academia do Sesc Madureira reabre na terça-feira (15/9)

0
118

A academia de musculação do Sesc Madureira reabre na próxima terça-feira (15/9) depois de seis meses fechada por causa da pandemia da Covid-19. Mas para garantir a segurança dos colaboradores e dos usuários, o Sesc RJ adotará um rígido protocolo de segurança, começando pela capacidade e o tempo de aula. Em vez de 40 alunos por turma, o número será reduzido para 15, e as aulas terão duração de 1h30 minutos, menos que a 1h50 tradicional. As medidas visam a evitar a aglomeração e permitir a higienização do espaço entre uma turma e outra.

A abertura é válida apenas para a academia, não para os demais espaços e serviços da unidade Sesc Madureira, que permanecerá fechada por tempo indeterminado. Ao entrar, cada aluno passará por aferição de temperatura e terá de higienizar os calçados em tapete sanitizante e as mãos com álcool em gel 70%. Além disso, cada usuário receberá um borrifador com a substância para uso individual, para higienizar os equipamentos utilizados. Não serão permitidos alunos pertencentes aos grupos de risco da Covid-19, e o uso de máscara será obrigatório durante toda a permanência no espaço, inclusive durante a prática da atividade.

Inicialmente, a abertura é válida para aqueles que estavam inscritos na academia em março deste ano. Gradativamente, após a confirmação da eficácia das medidas de segurança e havendo disponibilidade de vagas, as aulas serão oferecidas aos interessados que estão matriculados em outras modalidades esportivas ainda suspensas.

“Nossa reabertura será gradativa e com foco na saúde das pessoas. Adotamos todos os cuidados para que nossos alunos e nossa equipe estejam sempre seguros. Avaliaremos continuamente o funcionamento do protocolo de segurança e, gradualmente e de acordo com os resultados, flexibilizaremos e daremos os próximos passos”, explica Fernando Silva, gerente de Lazer do Sesc RJ.

A academia do Sesc Madureira foi aberta em março de 2018, sendo a primeira a ser inaugurada em unidades da Instituição. Depois, foram abertas academias nas unidades do Sesc em Niterói, São Gonçalo, Campos dos Goitacazes, Nova Friburgo, Tijuca e Três Rios, integrando os esforços da instituição para reduzir o sedentarismo no Brasil. Uma pesquisa do Ministério da Saúde de 2016 revelou que mais da metade da população do país é sedentária, ou seja, pratica menos de 150 minutos semanais de atividade física.

Dotada de equipamentos de ponta, a academia tem entre os seus diferenciais o atendimento personalizado e os preços populares: R$ 50 para associados, R$ 62 para conveniados e R$ 100 para a população em geral. A infraestrutura das salas também permite a realização de ações de gamification, que são atividades físicas baseadas em desafios lúdicos que ajudam no engajamento e na motivação.