Adeus, Wilson Moreira

0
601

A cultura carioca perdeu, nesta quinta-feira (06/09), o sambista Wilson Moreira, autor de clássicos do samba como “Senhora Liberdade” e “Gostoso Veneno”. O cantor e compositor de 81 anos,  lutava contra um câncer.

Moreira nasceu em 12 de dezembro de 1936 e foi criado no bairro de Realengo. Herdou de sua família a cultura musical. Seus pais e avós adoravam se divertir ao som de ritmos africanos como o jongo, caxambú e o calango.

Seu primeiro samba-enredo, “Bahia”, parceria com Ivan Pereira, fez muito sucesso. E o samba “As Minas Gerais” foi elogiado pelo mestre Ary Barroso.

Wilson Moreira teve suas músicas gravadas por grandes nomes da MPB, como Clara Nunes, Elizete Cardoso, Candeia, Alcione, Beth Carvalho, Jair Rodrigues, Emílio Santiago, Martinho da Vila, D. Ivone Lara, Jovelina Pérola Negra, Zélia Duncan, Djavan, Sandra de Sá, Dudu Nobre, Leny Andrade, Elza Soares, Moacir Luz, Jorge Aragão, entre outros.

Deus lhe abençoe e ilumine, em sua nova jornada.

A WIlson Moreira, nosso agradecimento pela bonita e importante contribuição à música popular brasileira.

Ouça o samba “Senhora Liberdade”, de autoria de Wilson Moreira, na interpretação de Zezé Motta.