Campanha #AulaEmCasa Tony Botelho Contrabaixista da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

0
231

Nesta segunda-feira, dia 06 de julho, o Contrabaixista da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Tony Botelho, participa da Campanha #AulaEmCasa, que reúne os especialistas do Theatro Municipal para dar aulas on-line sobre assuntos variados. Com o Patrocínio Ouro Vale e Petrobras, a aula começa às 14h, no Instagram do Theatro (@theatromunicipalrj).

O Contrabaixista vai contar um pouco sobre a história de três músicos que foram grandes compositores e que até hoje são considerados gênios do contrabaixo. Durante a aula, Tony tocará uma música de cada um.

1- Valsa 6 de Domenico Dragonetti (1763-1846)

2- Elegia de Giovanni Bottesini (1821-1889)

3- Valse Miniature de Sergei Koussevitzky (1874-1951)

Aproveite para ampliar o seu conhecimento e participe da Campanha #AulaEmCasa.

Sobre Tony Botelho

Antonio Augusto Vidigal Botelho de Magalhães – Tony Botelho – tem formação clássica e popular. Iniciou sua carreira em 1973, ainda adolescente, tocando com Johnny Alf e Lúcio Alves. Pouco depois, fez parte do grupo “A Fina Flor do Samba”, dedicado ao choro e samba de raiz. Neste grupo, acompanhou a cantora Beth Carvalho por dois anos.

Em 1977, ingressou na Orquestra do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, mas, em 1979, foi convidado pelo maestro e compositor Cláudio Santoro para assumir a função de primeiro contrabaixo da Orquestra do Teatro Nacional de Brasilia, onde permaneceu por 12 anos. Neste mesmo período, foi professor da Escola de Música de Brasilia.

Em 1991, mudou-se para Londres. Durante cinco anos, teve a oportunidade de tocar e gravar com vários expoentes do jazz inglês, como Norma Winstone, Rob Koral, Sue Hawker, Mike Rowland e Simon Purcell.

Em 1995, passou a viver em Guadalajara, México, onde se dedicou a gravações e arranjos.

De volta ao Brasil, em 2000, participou do tour internacional da cantora baiana Virgínia Rodrigues pelos Estados Unidos, Canadá e Europa.

Desde 2001, faz parte do quadro das Orquestras Petrobras Sinfônica e Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Como músico popular, participou de shows e gravações com Paulo Moura, Gilberto Gil, Marco Pereira, Mauro Senise, Carlos Malta e muitos outros.

Serviço:

Campanha #AulaEmCasa com Tony Botelho em

“A Evolução do Contrabaixo como instrumento solista”

Data: 06 de julho – segunda-feira

Aula on-line às 14h

Plataforma: Instagram @theatromunicipalrj

Patrocínio Ouro @valenobrasil e @petrobras