Cidade do Rio entra em Estágio de Atenção devido a medidas de prevenção ao novo coronavírus

0
460

Fonte: Prefeitura do Rio de Janeiro
Link: http://prefeitura.rio/cidade/cidade-do-rio-entra-em-estagio-de-atencao-devido-a-medidas-de-prevencao-ao-novo-coronavirus/

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio informa que a cidade entrou em Estágio de Atenção às 16h desta sexta-feira, 13 de março, devido às medidas de prevenção e contenção ao contágio do novo coronavírus no município.

– A Prefeitura do Rio recomenda que ônibus e BRTs evitem superlotação de passageiros
– A Prefeitura do Rio não vai conceder licenças para eventos que causem grandes aglomerações. Licenças já concedidas serão canceladas a partir de segunda-feira
– A Prefeitura do Rio suspende os períodos de férias do pessoal da saúde e assistência social enquanto durar a pandemia
– A Prefeitura do Rio suspende as aulas em escolas municipais na próxima semana, mantendo os refeitórios abertos para o almoço a partir das 11h às 13h
– Estão suspensas também, a partir de segunda-feira, 16, atividades nas Casas de Convivência, cinemas, teatros, lonas culturais e museus da Prefeitura do Rio
– Prefeitura do Rio recomenda que pessoas com baixa imunidade (asma, pneumonia, tuberculose, câncer, renais crônicos e transplantados) evitem sair de casa
– Prefeitura do Rio orienta que a população evite frequentar cinemas e teatros particulares
– Recomendação de jornadas de turnos de trabalho alternativos para empresas, com o objetivo de evitar a superlotação nos transportes coletivos. E, sempre que possível, o trabalho em casa. – – O setor público deverá adotar o mesmo princípio de escala
– Prefeitura do Rio irá disponibilizar álcool gel em todas as repartições municipais de atendimento ao público, incluindo hospitais, abrigos, estações de BRT, escolas e equipamentos culturais
– Prefeitura do Rio recomenda que as atividades esportivas no Engenhão não sejam abertas ao público

Em caso de dúvidas, entre no link da Secretaria Municipal de Saúde (http://prefeitura.rio/saude/novo-coronavirus-perguntas-e-respostas/) e confie nas informações oficiais.