Prefeitura de Nova Iguaçu cria leitos extras para atender casos da Covid-19

0
221

A Prefeitura de Nova Iguaçu segue tomando medidas para receber pacientes com sintomas do novo coronavírus que precisam ficar internados. Nesta quinta-feira (9), mais nove leitos foram abertos no Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), em espaços adaptados. A maior emergência da Baixada Fluminense agora conta com 24 leitos para atender casos da Covid-19 (20 na parte interna e 4 em contêineres, no estacionamento). Outros 25, de UTI, estão sendo instalados em contêineres e devem ficar prontos para uso até o início da semana que vem. A medida é para atender a população enquanto o Hospital de Campanha, criado pelo Governo do Estado para o mesmo propósito, segue em fase de construção no antigo Aeroclube da cidade e deve ficar pronto até o fim do mês.

Apesar do preparo para receber os pacientes com sintomas sugestivos, o HGNI não é um hospital de referência no tratamento da doença. Quando uma pessoa dá entrada na emergência, ela é inserida na Central Estadual de Regulação (CER), para que possa ser transferida a um dos centros de referência especializados criados pelo Governo do Estado para Covid-19.

“Enquanto aguardamos a construção do Hospital de Campanha, que vai ser fundamental em Nova Iguaçu, também estamos nos preparando para atender a população no Hospital da Posse, que vive superlotado e tem uma demanda de atendimentos enorme. Na próxima semana vamos terminar a instalação de 25 novos leitos de UTI exclusivos para casos do coronavírus, que vão ficar em contêineres instalados no estacionamento do hospital para enfrentamento desta pandemia”, destaca o prefeito de Nova Iguaçu, Rogerio Lisboa.

Além da criação de leitos, a Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) e o HGNI montaram uma nova ala na emergência exclusiva para receber pacientes com sintomas sugestivos da Covid-19. Dessa forma, as pessoas que buscam atendimento para outros casos não terão contato direto com as que estão nesta nova setor.

Outras medidas adotadas

– Criação de uma nova ala da emergência exclusiva para atender pacientes com sintomas respiratórios;
– Criação de 24 leitos (20 internos e 4 em contêineres) para atendimento exclusivo à Covid-19;
– Previsão de entrega de mais 25 leitos de UTI na próxima semana;
– Primeiro atendimento, regulação e transferência dos pacientes para centros de referência do estado especializados em Covid-19;
– Suspensão das cirurgias eletivas e consultas ambulatoriais;
– Visita ao paciente restrita a uma pessoa por dia;
– Agendamento da doação de sangue pelo n° (21) 97663-9352, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h30.