Escola Estadual de Dança Maria Olenewa celebra os 111 anos do Theatro Municipal do RJ

0
790

Celebrar o aniversário de 111 anos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro é uma alegria para a Escola Estadual de Dança Maria Olenewa que há mais de nove décadas vem fazendo história no país, dentro do Municipal. Esta relação é recheada de muitas conquistas, trabalhos, talentos, profissionais que construíram e seguem dando projeção a primeira e mais antiga escola de Dança do Brasil. E durante toda esta trajetória, é o momento de revisitar a memória e trazer à tona como é esta relação entre a Escola e a Fundação Teatro Municipal e quais os caminhos para seguirem juntos, levando a dança a patamares ainda maiores.

A Escola Estadual de Dança Maria Olenewa conta hoje com 300 alunos que, para fazerem parte da instituição, passaram por um processo de seleção. Todos estudam de graça e mesmo em época de pandemia, os bailarinos continuam dançando, remotamente, mesmo em casa.

Para este bate- papo, o pesquisador e professor da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa, Paulo Melgaço convida a ex-bailarina, professora e curadora da Escola Estadual Maria Olenewa, Beth Oliosi.


Sobre Beth Oliosi:

Bailarina de formação clássica, iniciou seus estudos aos 7 anos de idade com os professores: Maryla Gremmo, Reginaldo Vaz e Consuelo Rios e os prosseguiu na Escola de Danças Clássicas do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, hoje Escola Estadual de Dança Maria Olenewa. Seus conhecimentos como bailarina de jazz e moderno foram adquiridos com aulas e trabalhos realizados com coreógrafos: Juan Carlos Berardi, Lennie Dale, Luciano Luciani e Gilberto Mota.

Ex-bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro atuou também nas seguintes companhias:Ballet do Rio de Janeiro, dirigida por Dalal Achcar; Cia. Nacional de Dança, dirigida por Murilo Miranda e Arthur Mitchell; Cia. Brasileira de Dança, dirigida por Paulo Ferraz e Fernando Pamplona.

Na Rede Globo de Televisão, atuou com bailarina, sendo mais tarde nomeada Supervisora de Ballet da Emissora. Trabalhou em minisséries, novelas, musicais e campanhas da Emissora como “Criança Esperança”, influenciou diretamente a ascensão de jovens bailarinos e coreógrafos que hoje atuam profissionalmente, no Brasil e exterior.

Com curso de Licenciatura Plena em Dança pelo Centro Universitário da Cidade do Rio de Janeiro, ministrou aulas de “Comportamento e Atitude Profissional na Dança” na Escola Estadual de Dança Maria Olenewa, sendo curadora de diversos eventos promovidos pela entidade, em parceria com o professor de História da Dança – Paulo Melgaço

 

Sobre Paulo Melgaço da Silva Júnior:

Pós- doutor e doutor em Educação pela UFRJ, possui mestrado em educação, comunicação e cultura pela Uerj. Atua como professor e pesquisador na Escola Estadual de Dança Maria Olenewa desde 1993. É professor colaborador do programa de pós- graduação em ensino das artes cênicas na UNIRIO e autor de diversos livros, entre eles: Escola Estadual de Dança Maria Olenewa 75 anos: a história que fez estórias, Escola Estadual de Dança Maria Olenewa: um sonho feito em cores, Mercedes Baptista: a criação da identidade negra na dança.

 

Serviço:

Theatro Municipal Palco Livre, Vale e Petrobras convidam Beth Oliosi e Paulo Melgaço em Escola Estadual de Dança Maria Olenewa celebra os 111 anos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Data: 16 de julho (quinta-feira)

Live às 15h

Instagram: @theatromunicipalrj

Patrocínio Ouro @valenobrasil e @petrobras