Exposição Permanente “Décadas e Descobertas” do Centro  Cultural Light ganha novo circuito de visitação

0
617

Inaugurado em fevereiro de 2019, a exposição permanente “Décadas e 
Descobertas” convida o visitante para uma reflexão sobre temas 
relacionados aos avanços tecnológicos e mostra como a chegada da 
energia elétrica impulsionou as transformações sociais na vida das 
pessoas. A visita oferece experiências para crianças, jovens e 
adultos, com ensinamentos de como a energia está presente na sociedade.

Localizado no prédio histórico, sede da Light, o Centro Cultural Light 
oferece gratuitamente aos cariocas e visitantes mais de cinco mil 
metros quadrados de história, cultura e entretenimento. O espaço 
interativo “Décadas e Descobertas” é promovido pelo Programa Educativo 
Cultural Light, conta com recursos do Programa de Eficiência 
Energética (PEE – ANEEL) e apresenta um novo circuito de visitação.

Em que tempo você está? E os seus hábitos? Eles são sustentáveis? 
Essas são algumas perguntas que o espaço faz ao seu visitante. Do 
passado ao futuro, a exposição permanente faz o convite para explorar 
e refletir temas relacionados aos avanços tecnológicos e como a 
chegada da energia elétrica impulsiona transformações sociais na vida 
das pessoas. O instigante espaço traz a reflexão sobre a evolução e o 
papel da energia elétrica, que no início era considerada uma inovação 
de ruptura e depois se transformou em elemento essencial para a 
sociedade.

Se no início da década de 20 o consumo de energia era estimulado, não 
havendo qualquer reflexão sobre seu uso consciente, com o aumento da 
população e o desenvolvimento da tecnologia, a demanda aumentou 
expressivamente, pesando sobre os recursos naturais, que foram 
diversificados, porém incapazes de suprir integralmente esta nova 
realidade. Por isso surgiu a necessidade de conscientizar a população 
sobre hábitos de consumo, e a evolução dos equipamentos, tanto no 
âmbito do design quanto no aspecto de economia energética.

Todas essas informações vêm embaladas de maneira lúdica e criativa 
pela equipe do Programa Educativo Cultural Light, que realiza a 
mediação em todo o espaço, “O espaço traz uma possibilidade de 
mediação diferenciada em relação a locais como o Museu Light da 
Energia, por exemplo. Conseguimos unir tanto temas socioambientais 
quanto históricos e isso nos permite formular um debate perpassando 
diferentes épocas e costumes, além de trabalhar com múltiplos 
elementos de mediação” afirma Rodrigo Fernandes, educador do espaço.

CIRCUITO DE VISITAÇÃO ESPAÇO DÉCADAS E DESCOBERTAS:

A mediação propõe uma “viagem no tempo” dos visitantes, a partir da 
ideia do que é a tecnologia e como suas diferentes aplicações e 
inovações vão influenciando a nosso modo de vida, nossa cultura e a 
maneira como a sociedade vai lidando com os diferentes aspectos da 
vida ao longo do tempo.

Décadas de 1920 e 1930 – Nesse período, o avanço das tecnologias no 
que diz respeito às gravações de músicas influenciam o surgimento de 
novos músicos. A busca por elementos que constituem uma identidade 
nacional também está bastante presente, dando a tônica dessa década, 
com o samba e as Escolas no carnaval.

Décadas de 1940 e 1950 – Com o estreitamento das relações entre Brasil 
e EUA, principalmente no pós guerra, elementos do “Modo de Vida 
Americano” se inserem no dia a dia do brasileiro, influenciando o 
consumo de aparelhos e serviços, a composição de ritmos musicais e a 
inserção de novas tecnologias.

Décadas de 1960 e 1970 – No contexto da Guerra Fria, a corrida 
armamentista faz com que o surgimento de novas tecnologias seja 
intensificado. O clima de tensão paira no mundo, com a eclosão de 
conflitos e regimes ditatoriais, como na maioria dos países da América 
Latina. A crise do petróleo obriga o mundo a procurar fontes de 
energia alternativas, o que gera também o aumento no uso da energia 
nuclear.

Décadas de 1980 e 1990 – A globalização e os avanços tecnológicos 
possibilitam maior agilidade no compartilhamento de informações, a 
internet surge como um meio fundamental para isso na década de 1990, 
ainda que embrionária. O fim da União Soviética e a queda do Muro de 
Berlim são marcos desse período. Os níveis de poluição e acidentes com 
energia nuclear levam conduzem o mundo para uma discussão ambiental em 
grande escala.

Décadas de 2000 e 2010 – O momento contemporâneo gera reflexão sobre 
como o mundo e a sociedade chegaram no atual patamar. Com a 
preocupação ambiental e a informação sendo disseminada cada vez mais 
de maneira quase automática, de que forma podemos atuar como 
modificadores sociais de um futuro que parece cada vez mais caminhar 
para a saturação do meio ambiente?

Saiba como trazer sua escola (pública ou particular): os agendamentos 
são todos realizados pelo site www.museulight.com.br. Lá o responsável 
encontrará informações sobre a visitação, horários e tudo o que 
precisa fazer para trazer os alunos. Basta preencher e enviar o 
formulário. Depois é só aguardar o e-mail de confirmação da visita.

Visitas de Escolas: nas visitas de escolas, todos os estudantes devem 
estar uniformizados e deve haver um adulto para cada grupo de 15 
estudantes. Ele será responsável pelo comportamento do grupo e deve 
permanecer próximo aos alunos durante toda a visita, ajudando o 
educador a mantê-los agrupados, atentos e participativos.

Ônibus de Excursão: o Museu Light da Energia disponibiliza ônibus de 
excursão para escolas públicas e Centro de Referência de Assistência 
(CRAS) dentro da área de concessão da Light que queira visitar tanto o 
novo espaço “Décadas e Descobertas” quanto os outros circuitos do museu.

Cada instituição só pode ser contemplada com no máximo UM ÔNIBUS POR MÊS.

Serviço:

Abertura da série de eventos especiais em comemoração aos 25 anos do 
Centro Cultural Light em 2019

Horário de visitação: 09:00 às 18:00

Local: Centro Cultural Light

Endereço: Av. Marechal Floriano, 168, Centro do Rio de Janeiro