Faleceu Nelson Sargento, baluarte do GRES Estação Primeira de Mangueira

0
353

O presidente de honra da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira, Nelson Sargento, de 96 anos, faleceu na manhã desta quinta-feira (27/05), aos 96 anos, vítima de Covid-19. Nelson Sargento estava internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Além da idade avançada, Nelson também sofreu com um câncer de próstata.

De acordo com a unidade de saúde, o músico chegou ao local no último dia 20/05, com quadro de desidratação, anorexia e significativa queda do estado geral. Após passar por exames, foi constatado que o cantor estava infectado pela Covid-19.

Uma de suas últimas aparições em público foi em 12 de fevereiro, no Museu do Samba, em um manifesto em defesa do carnaval — cancelado este ano por causa da pandemia.

No dia 26 de fevereiro, o compositor da Mangueira recebeu a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em casa. A primeira dose, tomada no dia 31 de janeiro, marcou o início da imunização de idosos.

Grande representante do samba, Nelson Sargento foi cantor, compositor, pesquisador, artista plástico, ator e escritor.

À família de Nelson Sargentos, nossos sentimentos.