Manaká: nasce um novo grupo musical para crianças

0
651

Manacá é o nome de uma árvore fácil de encontrar em estradas (Manacá-de-serra) e jardins (Manacá-de-cheiro) e de se identificar por possuir flores roxas e brancas na mesma florada, além de ter um perfume doce e marcante. Foi exatamente por entenderem-se como cantores-passarinhos que o casal e dupla de artistas LIV e XÁ escolheu uma árvore para dar nome ao seu grupo de música. 

“Árvore é casa de passarinhos. É abrigo protegido, poleiro musical. E o que são as crianças senão passarinhos brincantes? A gente fez o MANAKÁ pra atrair os pequenos, pra cantar e viver conosco a alegria e o colorido que elas vivem naturalmente!”, diz Xá. 

Longe de ser tão anônimo, o Manaká já foi convidado para apresentar um especial do Dia das Crianças em 2017, na TV Cultura, foi recomendado em 2019 pelo Jornal O Globo como um dos oito melhores trabalhos de música para crianças, e assina as músicas originais do programa “O Piano Mágico da Ju” (em cartaz diariamente pela TV Cultura) e da série “O menino mais rico do mundo” (que vai ao ar no primeiro semestre de 2023, no streamming). Espetáculos e apresentações por algumas capitais do Brasil também fazem parte da trajetória da banda que inclui show na Virada Cultural de SP, Virada Sustentável do RJ, Festival Internacional de Intercâmbio de Linguagens no RJ e Festival Curitibim, no Paraná. 

Esse ano, em parceria com a agência e gravadora Musickeria, dos empresários Luiz Calaínho, Afonso Carvalho e Flávio Pinheiro, as músicas do primeiro álbum do Manaká estão chegando em todas as plataformas digitais do país. Já na plataforma YouTube, educadores, pais e crianças poderão assistir a conteúdos originais inéditos como os videoclipes das canções, dirigidos por Luís Antônio Igreja. 

“Fizemos os clipes num formato de longa metragem, como um álbum visual musical, que conta um dia na vida do nosso filho Davi. É quase um documentário musical, mas é ficção com roteiro extraído das nossas vivências em família e que ganham o fantástico do cinema infância.” – comenta LIV.


O filme ainda inédito só será lançado após os clipes que contam com a participação da dupla, amigos, familiares, e filhos: Yasmin (3 anos) e Davi (12 anos). O casal declara que a chegada do primeiro filho trouxe um novo modo de compreender a existência e foi isso que os fez cantar e criar o MANAKÁ.  “Davi foi trazido por um casal de Sabiá-Laranjeira. Acredita? Os passarinhos fizeram ninho na janela da nossa casa e depois de dois meses de espera, soubemos que nós estávamos grávidos. A Sabiá me encarou nos olhos e levantou voo. Não havia nada no ninho! Ela veio trazer o Davi!” – Diz Xá , que é ratificada pela Liv: “Essa história lúdica é totalmente verdadeira e foi comprovada quando uma amiga assumiu a casa onde morávamos e o mesmo aconteceu com ela!”. 

Claro que deu em música! Delicado, preparado com muito carinho e dedicação, o MANAKÁ parte dos pilares do brincar, do afeto nas trocas intergeracionais e da natureza, como bases de uma infância plena, saudável e feliz. A dupla acredita na infância como um estado, uma ponte direta com o plano sutil e espiritual. Ambos compreendem e defendem que a chegada de uma criança é uma oportunidade para toda aquela família encontrar o caminho de volta para seu ser transcendental, para suas potencialidades inatas. 

“Muita gente afirma que as crianças são nosso futuro. A gente acha o contrário: Pra nós, as crianças são nossos maiores presentes! Não só pela graça em si, mas pelo estado de atenção plena que elas convidam o adulto a viver. É sabedoria pura! E da forma mais simples e amorosa que podemos experienciar!” – arrematam.


Acompanhe o Manaká no Canal do YouTube e  nas plataformas digitais de música.

Youtube:> https://www.youtube.com/manakaoficial

Siga o Manaká: www.instagram.com/manaka.oficial

Single : https://bfan.link/ondas-do-rio-ondas-do-mar

 

Sobre o Manaká 

Tudo começou com o encontro profissional entre Xá e Li – hoje, uma família formada através da arte e do amor. Desta vivência, surgiu a ideia de produzir músicas para o público infantojuvenil e formar o Manaká. Ela, curitibana, formada em rádio e tv, atriz premiada, compositora e cantora. Ele, mineiro, estudante de antroposofia e pedagogia waldorf, teve passagem pela novela Chiquititas com o personagem Tatu (anos 1990) e escreve músicas, espetáculos, séries e filmes. O Manaká é uma dupla de música para infância que canta em suas composições o livre brincar, o afeto nas trocas intergeracionais e o contato íntimo com a natureza – como pilares de uma infância plena! A dupla evidencia o bem, o bom e o belo da vida, com liberdade de gêneros musicais e com referência aos hinos da infância dos anos 80 e 90. Eles fazem um trabalho a partir da criança de hoje, para a família inteira curtir junto, estreitando e fortalecendo vínculos. O Manaká existe para tornar a vida de todos mais radiante e feliz.

O Manaká vem colecionando admiradores por onde passa: 

“Uma alegria musical pra família curtir junto” – Karen Acioly (Diretora do Festival internacional de Intercâmbio de Linguagens – FIL) 

“Quem ouvir, viverá” – Bia Rosenberg (Diretora/Criadora de programas como Cocoricó, Castelo Ratimbum, Igarapé Mágico) 

“Tudo impecável. Dá vontade de cantar junto” – Dib Carneiro Neto (crítico de espetáculos para a infância e jurado de Prêmios em SP) 

“Manaká é um daqueles artistas que quando você conhece, entende que são necessários. Muito talento junto com um posicionamento e uma verdade incríveis. Todos os pais e filhos precisam conhecer”. – Luis Felipe Couto (Empresário artístico de Paulinho Moska, Chico César, entre outros)