“Memória Viva! Sérgio Ricardo 90 anos” chega a Botafogo com show, exposição e exibição de filmes

0
270

Sérgio Ricardo faria 90 anos em 2022. Múltiplo, compôs, cantou, roteirizou, pintou, atuou, fez do povo brasileiro poesia, imagem e melodia em diversas formas de expressão. Para celebrar o seu legado na cultura brasileira, a Cacumbu Produções e o acervo Sérgio Ricardo Memória Viva apresentam o “Memória Viva! Sérgio Ricardo 90 anos”, com ocupações de espaços apresentando sua vasta obra. Após o sucesso da primeira etapa, realizada em junho no Teatro do Vidigal, o projeto chega aos cinemas Estação Net Rio e Botafogo, de 19 de julho a 27 de setembro, com direção de Marina Lutfi, sua filha do meio, e em parceria com o diretor e produtor Cavi Borges. A programação inclui mostra cinematográfica, show, performances e instalações, com depoimentos inéditos de artistas e críticos como Beto Brant, Silvio Tendler, Guti Fraga e Hernani Heffner. 

– Queremos falar, mostrar, cantar, celebrar Sérgio Ricardo de forma múltipla, como sua obra. E convidamos todos que o admiram a fazer o mesmo. Mais pessoas merecem conhecer, se identificar com Sérgio Ricardo – diz Marina. 

Destaca-se na programação o show “Sérgio Ricardo Memória Viva”, montado exclusivamente para a ocasião, que acontece no dia 19 de julho, às 21h, na sala 5 do cinema no Estação Net Rio. O espetáculo musical, cujo repertório engloba canções de toda discografia do compositor, conduz o público a um passeio biográfico pelos principais momentos da sua carreira, contextualizados por imagens projetadas e textos extraídos de falas do próprio artista. A apresentação conta com as interpretações dos irmãos Adriana Lutfi, Marina Lutfi e João Gurgel, acompanhados por Giordano Gasperin no baixo e Isabela Ciavatta na percussão, e a participação especial do compositor e instrumentista Alexandre Caldi nos sopros. A entrada é R$ 40 e está disponível pela plataforma Sympla. 

Nascido João Lutfi em 1932, Sérgio Ricardo é um multiartista brasileiro, original da cidade de Marília (SP). Muda-se para o Rio de Janeiro nos anos 1950, onde trabalha como crooner, ator e apresentador de televisão e participa da fundação da Bossa Nova, ao lado de João Gilberto e Tom Jobim. Nos anos 60, Sérgio lança seu primeiro e premiado filme, “O Menino da Calça Branca” (1961), com montagem de Nelson Pereira dos Santos e fotografia do irmão Dib Lutfi, unindo-se então ao Cinema Novo, o que lhe rendeu uma parceria frutífera com Glauber Rocha. Figura marcante nos festivais da década, protagonizou uma das cenas mais emblemáticas da MPB durante o 3º Festival de Música Popular Brasileira, da TV Record, em 1967, quando quebrou seu violão e o arremessou diante da plateia, que, com vaias, o impedia de interpretar o samba “Beto Bom de Bola”, que denunciava a corrupção no futebol. Nos anos 70, mergulha ainda mais nas questões sociais e passa a expressá-las em todas as suas artes. Questiona e resiste à ditadura militar, sofrendo censuras e boicotes do regime. Jamais parou de lutar e produzir música, cinema, poesia, livro, peça e pintura. Faleceu em julho de 2020, aos 88 anos, deixando o seu verdadeiro legado: a paixão pela cultura do povo e a necessidade de debater e expressar as “fomes”, desejos e vontades do Brasil.

“O show ‘Cinema na Música’ comemora a trajetória de mais de 70 anos de carreira do compositor-cineasta Sérgio Ricardo e o lançamento do projeto em DVD.”
Participações especiais de Pitanga, Zé Renato e Jards Macalé.

   

Programação de julho: 

– Ocupa Estação Net Rio e Botafogo 

Estação Net Rio 

Dia 19 de julho, terça-feira, às 21h, sala 5

Show Sérgio Ricardo Memória Viva – João Gurgel, Marina Lutfi e Adriana Lutfi cantam e contam a discografia do pai com Giordano Bruno no baixo e Isabela Ciavatta na percussão. Participação especial de Alexandre Caldi nos sopros.   

Entrada: R$ 40 (ingressos à venda em https://www.sympla.com.br/evento/show-sergio-ricardo-memoria-viva-ocupacao-memoria-viva-sergio-ricardo-90-anos/1645161)

 

Dia 25 de junho, segunda-feira, às 20h, saguão

Cinema Nosso: Sérgio Ricardo e Esse Mundo é Meu – conversa com o diretor de cinema e ator Kaio Caiazzo sobre o filme “Esse Mundo é Meu”.

Entrada: gratuita.

 

– Estação Net Botafogo 

Dia 26 de julho, terça-feira, às 20h, sala 3

Sessão de cinema – exibição dos dois primeiros filmes de Sérgio Ricardo, “Menino da Calça Branca” (curta, 1961) e “Esse Mundo é Meu” (longa, 1964), com um bate-papo após a exibição.

Entrada: gratuita.

  

Endereços:

Net Rio – rua Rua Voluntários da Pátria, 35, Botafogo, Rio de Janeiro.

Net Botafogo – rua Rua Voluntários da Pátria, 88, Botafogo, Rio de Janeiro.

Site: http://www.grupoestacao.com.br/    

 

Como apoiar o projeto 

A Ocupação Memória Viva! Sérgio Ricardo 90 anos é uma realização da Cacumbu Produções em parceria com a Cavídeo, o Estação Net de Cinemas e grupo Nós do Morro. O projeto busca apoio para desenvolver a sua programação até o fim do ano. Para ajudar, saiba mais em https://linktr.ee/sergioricardomemoriaviva