Orquestra Sinfônica Brasileira apresenta segundo concerto on-line da Série Clássica Brasileira

0
373

Obras de compositores nacionais e estrangeiros do período clássico estão no programa do segundo concerto da Série Clássica Brasileira em seu formato on-line. No dia 8 de outubro, às 19h, o público poderá assistir ao concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira, sem sair de casa, acessando o Facebook e o Youtube da orquestra.

Conhecida pelo brilhante diálogo entre os instrumentos solo, a “Sonata em dó maior para Quinteto de Metais”, do italiano Tomaso Albinoni abre o programa. Na sequência, uma obra do brasileiro Dimitri Cervo: “Concerto para oboé e Cordas”. Trata-se da décima primeira obra da Série Brasil 2010 do compositor, formada por 12 obras para diversos instrumentos solistas acompanhados de orquestra de cordas, de câmara ou sinfônica, criadas entre os anos de 2009 e 2020. É a primeira vez que o primeiro movimento será apresentado em sua versão original.

O primeiro movimento da “Sinfonia nº 25”, de Wolfgang Amadeus Mozart, dá continuidade ao concerto, com seus grandes saltos e seu aspecto tenso. “Sons de Carrilhões”, de João Pernambuco, antecede “Divertimento B-dur para sopros”, de Joseph Haydn, que fecha o programa.

 

A ORQUESTRA SINFÔNICA BRASILEIRA:

Fundada em 1940, a Orquestra Sinfônica Brasileira é reconhecida como um dos conjuntos sinfônicos mais importantes do país. Em seus 80 anos de trajetória ininterrupta, a OSB já realizou mais de cinco mil concertos e é reconhecida pelo pioneirismo de suas ações, tendo sido a primeira orquestra a realizar turnês pelo Brasil e exterior, apresentações ao ar livre e projetos de formação de plateia.

Responsável por revelar talentos como Nelson Freire, Arnaldo Cohen e Antônio Menezes e pioneira na criação de projetos de democratização da música de concerto, como o Aquarius e os Concertos da Juventude, a OSB chega aos 80 anos com fôlego para levar ao público uma temporada especial e comemorativa, com destaque para a música brasileira e os artistas nacionais, tendo sua própria história como fio condutor da programação.

Composta atualmente por mais de 70 músicos brasileiros e estrangeiros, a OSB contempla uma programação regular de concertos, apresentações especiais e ações educativas, além de um amplo projeto de responsabilidade social e democratização de acesso à cultura.

 

PROGRAMA:

TOMASO ALBINONI – Sonata em dó maior para Quinteto de Metais (arr. David Hickman)

III. Adagio | IV. Vivace

DIMITRI CERVO – Concerto para oboé e cordas

I. Moderato

WOLFGANG AMADEUS MOZART – Sinfonia N°25

I. Allegro con brio

JOÃO PERNAMBUCO – Sons de Carrilhões

JOSEPH HAYDN – Divertimento B-dur para sopros

I. Alegro con Spirito | II. Menuetto

 

 

SERVIÇO:

OSB – Série Clássica Brasileira II (Concerto on-line)

Dia 08 de outubro de 2020, às 19h

Facebook – /orquestrasinfonicabrasileira

Youtube – /sinfonicabrasileira

Acesso gratuito