Projeto #juntospelaleitura será lançado amanhã na Central do  Brasil

0
104

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de 
Janeiro lança o Programa #juntospelaleitura, ação referencial para os 
180 dias do Governo do Estado do Rio de Janeiro, com execução da 
Superintendência de Leitura e Conhecimento.

O programa é um movimento de motivação e ação pela leitura. Formado 
por ações coletivas ou individuais, com o objetivo de transformar 
territórios e pessoas em cidadãos mais leitores,  respeitando o seu 
contexto e a realidade vivida.

O projeto se destina a cidadãos que identifiquem a leitura como meio 
de transformação da realidade social, empresas que se motivem a 
fortalecer ações de promoção de uma sociedade mais leitora, grupos ou 
movimentos ou qualquer forma coletiva de organização, incluindo 
autoridades públicas, com o objetivo de produzir ações de motivação 
para a leitura, a fim de pensar, executar e promover ações de 
políticas públicas em relação à difusão da leitura e da produção 
criativa do livro e da literatura.

São quatro as ações do Programa: Libertação e recebimento de doações 
de livros; Incentivo à leitura e educação; e Remição de pena pela 
leitura.

O lançamento será realizado no vão principal do Prédio da Central do 
Brasil,  dia 11/06 ( terça-feira), das 16h às 18h, com uma grande 
libertação de livros, atividades artísticas e intervenções
culturais para marcar a data.

#juntospelaleitura:

O que é?

Um movimento de motivação e ação pela leitura. Formada por ações 
coletivas ou individuais com objetivo de transformar territórios e 
pessoas em cidadãos mais leitores e criativos, respeitando o seu 
contexto e a realidade vivida.

Nasce a partir da Lei 8246/18 que é o Plano Estadual do Livro, 
Leitura, Literatura e Bibliotecas do Estado do Rio de Janeiro, sendo 
este o principal motivador de ações correlatas com o universo 
criativo, produtivo e mediador do livro e da leitura.

A quem se destina?

Cidadãos que identifiquem a leitura como meio de transformação da 
realidade social; empresas que se motivem a fortalecer ações de 
promoção de uma sociedade mais leitora e; grupos ou movimentos ou 
qualquer forma coletiva de organização com o objetivo de produzir 
ações de motivação para a leitura e, pensar, executar e promover ações 
de políticas públicas em relação a difusão da leitura e da produção 
criativa do livro e da literatura.

Como se organiza?

As ações individuais ou coletivas se organizam conforme um projeto, 
ação ou motivação que abarque desde ações simples como a leitura ou 
contação de histórias ou mesmo propostas e objetivos estruturantes 
como a difusão de salas de leitura em espaços corporativos, construção 
de bibliotecas comunitárias ou reformas e construção de bibliotecas 
públicas e/ou editais de fomento.

Nestas ações, os organizadores apresentam as demandas para suas causas 
e ideias que, da mesma forma como a sociedade apresenta diferentes 
pontos de vista e diversas formas de interpretar a realidade, a 
motivação e ação a ser realizada, pode e deve refletir esta múltipla 
realidade e prismas de ponto de vista para além da visão particular 
sobre alguma área específica.

No fim das contas todas as ações de forma articulada retratarão uma 
realidade dinâmica e não estática que mostra precisamente o poder de 
um grupo unido por valores em comum para a construção de uma sociedade 
mais leitora e ávida pela produção, pela leitura e pela construção 
criativa do mundo do livro.

O que posso fazer?

Como cidadão você pode desenvolver uma série de ações para o universo 
da difusão da leitura desde questões pontuais como: ler para uma 
criança, um grupo, um público específico ou ações em espaços públicos 
e comunitários; pode fazer também doações de livros, libertação de 
livros, eventos literários, ações virtuais ou presenciais ou qualquer 
outra coisa que a sua
inspiração e criatividade indicar.

Como poder público temos uma série de ações, atividades, eventos e 
obras que podem e devem ser apoiadas no sentido estrutural e de 
formação de políticas públicas. Ações como emendas parlamentares, 
patrocínio de eventos, reforma de espaços públicos ou comunitários 
como Bibliotecas e salas de leitura dentre inúmeras ações que podem 
ser indicadas por nós ou apoiadas por nós a sua iniciativa própria.

Como setor privado, inúmeras são as ações que podem ser incentivadas 
ou recebidas com nosso apoio. Pode ser patrocínio, propostas de 
isenção pelas leis específicas como ICMS no Estado e/ou ISS no 
Município, ações com funcionários, filhos de funcionários, eventos 
como amigos da leitura na comunidade dentre milhões de ações a serem 
desenvolvidas.

Ações do escopo do Programa:

                          I.   Libertação de Livros:

Consiste na distribuição sistematizada e direcionada de livros de 
diversos gêneros pelo Estado, provenientes de doações, com o objetivo 
de estimular a democratização do acesso ao livro e de fomento à leitura.

                       II.   Doação de Livros:

A ação de aceite de doações de livros, mediante triagem do material. 
Funciona a partir da doação de livros e receberá títulos do público em 
geral, que serão direcionados a novos leitores e precisam circular. O 
importante é que esses livros atendam nosso maior objetivo: o de 
estimular a leitura. Os livros serão higienizados, classificados e 
encaminhados para as ações de libertação de livros respeitando o 
público-alvo.

Os livros devem estar em bom estado de conservação. Receberemos livros 
doados de acervos pessoais, públicos ou editoriais. E muitos 
escritores têm percebido que, ao doar livros de sua autoria, alcançam 
públicos novos, gerando novos leitores.

                    III.   Incentivo à Leitura e Educação:

Visa buscar parcerias com a sociedade civil, entidades públicas e 
privadas em prol de atividades que estimulem o acesso à leitura em 
todas as Bibliotecas Públicas do Estado, assim como nas Bibliotecas 
Comunitárias e Pontos de Leitura, com a finalidade de desenvolver e 
assegurar estratégias permanentes de planejamento, apoio e articulação 
para a execução de ações
voltadas para o fomento da produção e circulação do livro, da leitura 
e da literatura no Estado.

                      IV.   Remição de Pena pela Leitura:

Nossa interveniência neste programa é fortalecer a parceria com a SEAP 
Secretaria Estadual de Administração Penitenciária e o Poder 
Judiciário no fornecimento dos títulos específicos aprovados para o 
programa de remição e disponibilizar outros títulos para a leitura dos 
cidadãos apenados bem como ampliar para um diálogo com o sistema de 
atendimento aos jovens infratores DEGASE.

Em todas as ações queremos dialogar, promover e motivar de alguma 
forma. Todas as que forem comunicadas à Superintendência de Leitura e 
Conhecimento serão analisadas e receberão o selo #juntospelaleitura e 
divulgadas em todos os nossos meios de mídia e ofertadas a mídia 
tradicional que queira publicar este conteúdo.

O movimento #juntospelaleitura é um movimento livre, leve e solto. 
Queremos ser o pontapé inicial desta motivação, mas não seremos donos 
nem mesmo fiscais das ações. Queremos ser parceiros motivadores, mais 
acima de tudo queremos ver este movimento ao sabor do vento com o 
objetivo de ser abraçado por todas as pessoas que desejam um Estado 
mais leitor!