Rio de Janeiro – Vacinação contra a gripe começa segunda-feira (04/04): entre os primeiros atendidos estão idosos acima de 80 anos

0
91

A Campanha de Vacinação contra a Influenza no Município do Rio terá início na segunda-feira (04/04) com meta de alcançar cobertura de 90% dos grupos prioritários, o que corresponde a cerca de 1,8 milhão de pessoas na cidade. O cronograma de vacinação será escalonado entre os diversos grupos elencados para a campanha, e os primeiros atendidos serão os idosos acima de 80 anos (que no mesmo dia poderão tomar também a segunda dose de reforço da vacina da covid-19), os que residem em instituições de longa permanência para idosos (ILPIs) e os trabalhadores da saúde com 60 anos ou mais.

O objetivo da campanha é reduzir as complicações decorrentes das infecções pelo vírus da gripe, internações e óbitos pela doença, principalmente nos grupos de maior vulnerabilidade e que são elencados como prioritários pelo Ministério da Saúde, como é o caso dos idosos. Estudos apontam que a vacinação é capaz de reduzir de 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, de 39% a 75% da mortalidade global, e em aproximadamente 50% as doenças relacionadas à influenza.

– A vacina protege as pessoas mais vulneráveis das complicações da gripe e é muito importante que esses grupos prioritários procurem uma unidade de saúde para tomar sua dose. Ano passado tivemos um surto de gripe que assustou a cidade, ainda mais por estarmos vivendo a pandemia da covid-19. Para evitar situações como essa, a vacina é a melhor forma de prevenção – diz o secretário municipal de Saúde, Rodrigo Prado.

Em 2022, a vacina usada na campanha protege contra as três cepas do vírus influenza que mais circularam no ano passado no Hemisfério Sul: H1N1, H3N2 Darwin (que no final de 2021 causou o surto de gripe na cidade) e linhagem B/Victoria. Produzido pelo Instituto Butantan, o imunizante é seguro e pode ser administrado em pessoas imunocomprometidas e portadoras de doenças crônicas ou condições especiais. Pessoas com história de alergia grave em dose anterior da vacina influenza devem informar ao seu médico ou ao serviço de saúde, para a devida avaliação do caso e orientação.

A vacina da gripe é anual. Mesmo pessoas que tomaram a dose no ano passado devem se vacinar novamente este ano. Para quem já tomou o imunizante em anos anteriores, o esquema vacinal é de dose única. Já para as crianças da faixa etária atendida que vão tomar a vacina pela primeira vez este ano, serão duas doses, com intervalo de 30 dias entre elas.

Os grupos atendidos na campanha:

Os grupos prioritários da campanha de vacinação contra a influenza são pessoas de 60 anos ou mais; crianças de seis meses a 4 anos; trabalhadores de saúde; gestantes; puérperas (mulheres até 45 dias pós-parto); trabalhadores da educação. O Ministério da Saúde também indica a vacinação aos seguintes grupos: integrantes de forças de segurança e salvamento e das forças armadas, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade, pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores do transporte rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários.

O calendário completo pode ser consultado abaixo e em http://www.rio.rj.gov.br/documents/73801/d139d543-4790-40d2-ba4d-18a30da755a7

Às pessoas que forem se imunizar, é solicitado comparecer aos postos de saúde portando, sempre que disponível, documento de identificação e caderneta de vacinação. Será preciso apresentar documento que comprove fazer parte dos grupos prioritários elencados pelo Ministério da Saúde, como laudo médico para a confirmação da comorbidade e documento funcional para os grupos profissionais atendidos.