Seap e Depen decidem distribuir cerca de 20 mil livros em presídios do Rio

0
137

Com objetivo de ampliar a oferta de leitura aos internos, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), por meio de uma doação do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), irá equipar todas as unidades prisionais do Rio de Janeiro com cerca de 20 mil exemplares de clássicos da literatura brasileira.

Ao todo, serão 1.780 livros de cada um dos 11 títulos diferentes doados. Entre as principais obras estão “Dom Casmurro”, de Machado de Assis; “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo; “A Cor Púrpura”, de Alice Walker; e “Pai Francisco”, de Marina Miyazaki Araujo.

A iniciativa tem a intenção é que existam mais opções de títulos, oferecendo mais oportunidades de ressocialização aos apenados e fortalecendo o projeto de remição por leitura da Seap.