Piazzolla: Vida e Obra é o tema da #AulaEmCasa do Theatro Municipal

0
382

No mês de março, quando é comemorado os 100 anos de nascimento de Astor Piazzolla, o compositor de tango, bandoneonista e arranjador argentino é o assunto da #AulaEmCasa da próxima segunda-feira, 08 de março. Fenômeno internacional, Piazzolla revolucionou o tango tradicional e criou um novo estilo: o tango novo. Para destacar a estilística e os recursos musicais como fuga, alternância entre temas rápidos e lentos, a relação do artista com Aníbal Troilo, com Nádia Boulanger e contar sobre as obras emblemáticas, dois músicos conhecedores do mestre argentino, Márcio Sanchez, violinista da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal e o músico instrumentista, Roberto Rutigliano. A live começa às 14h no Instagram @theatromunicipalrj. Amplie o seu conhecimento assistindo a Campanha #AulaEmCasa.

Sobre Márcio Sanchez

Márcio Sanchez atuou na Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP) e Orquestra Mercosul (Argentina) como spalla. É violinista nas orquestras do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Petrobras Sinfônica e Johann Sebastian Rio. Especializou-se na Academia Franz Lizst, em Budapeste, com Ezster Perenyi e com o professor Chaim Taub de Israel. Como camerista excursionou em turnês pela Europa, EUA, México, Argentina e Brasil. Tendo vivido na Argentina, Sanchez pesquisa Piazzolla e o tango e atua no Trio Tango Revirado, no duo Sanchez Estefanell. Participou dos projetos \\\”Tango Jazz\\\” e \\\”Borges e o Tango\\\”, sempre com atuação também na área dramático-literária, ao lado de Roberto Rutigliano, Alexandre Carvalho, Fernando Trocado, Facundo Estefanell, entre outros.

Sobre Roberto Rutigliano

Rutigliano é um músico argentino radicado no Rio de Janeiro desde 1988. É profissional há mais de quatro décadas. Nos últimos anos gravou quatro discos como líder de projetos ligados ao jazz, à sua própria obra e ao tango. Em relação ao tango, já tocou com grandes músicos como Daniel Binelli que tez parte do último sexteto de Piazzolla, Pablo Aslan, grande intérprete da obra de Astor e com Juan Pablo Navarro, um dos principais contrabaixistas da atualidade. No Rio de Janeiro, desenvolveu o projeto \\\”Tango Negro\\\” com Tomás Improta no piano, Ana de Oliveira no violino e Chico Chagas no acordeon. Também criou projetos como \\\”Piazzolla in Rio\\\”, \\\”Borges e o Tango\\\” e gravou o disco \\\”Tango Jazz\\\”, junto a Alexandre Carvalho, Marcio Sanchez, Fernando Trocado e Facundo Estefanell. Gravou ainda com Odette Ernest Dias em duo, parte das músicas para flauta solo chamadas \\\”Estudios Tanguísticos\\\”, de Astor Piazzolla e participou de vários eventos junto a músicos como Matias Arriazu (violão),Tibor Fitel (piano),Tony Botelho (contrabaixo), Carlos Prazeres (oboé) , Fernanda Canaud (piano) e Marcelo Martins (sax). Em 2018, apresentou o espetáculo \\\”De Villa Lobos a Piazzolla\\\”, com lotação esgotada, na Sala Cecília Meireles.

Serviço:

Campanha #AulaEmCasa apresenta \\\”Piazzolla: Vida e Obra\\\”, com Márcio Sanchez, violinista da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal RJ e o músico Roberto Rutigliano

Data: 08 de março – segunda- feira

Horário: 14h

Instagram @theatromunicipalrj

Live

Patrocínio Ouro @valenobrasil e @petrobras