Banda Go Black apresenta “Motown Classics” – show presencial

0
174

Banda que vem se destacando no cenário carioca, Go Black apresenta o show “Motown Classics” no Teatro Rival Refit, nesta quinta-feira, ia 13 de janeiro. O espetáculo é um tributo em homenagem à Motown Records, lendária gravadora americana que foi a maior responsável pela explosão da black music e suas vertentes, por ter lançado, no início dos anos 1960, artistas como Stevie Wonder, Jackson Five, Marvin Gaye, The Commodores e Michael Jackson. O repertório do show é recheado de sucessos desses ídolos.

A banda é composta por Rik Oliveira (vocais e guitarra), que participou do The Voice Brasil pelo time Lulu Santos e é compositor de músicas gravadas por grandes nomes da música nacional como Ivete Sangalo, Xande de Pilares e Jorge Vercillo; Rafael Garrafa (baixo), músico, compositor, produtor da Setlist Produções e idealizador do projeto; e Marcos Feijão (bateria), que, há 20 anos, acompanha o grupo MPB4.

Serviço:

Banda Go Black apresenta “Motown Classics”

13/01, quinta- feira, às 19:30h

Ingressos entre :  R$ 40,00 e R$ 80,00

LINK:   https://bileto.sympla.com.br/event/70536/d/118527 ;

Local: Teatro Rival Refit – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro.

Abertura da casa: Uma hora antes do show.

PROTOCOLOS DE SEGURANÇA CONTRA COVID-19:

Segundo decreto municipal sobre o público nas casas de espetáculo, o Teatro Rival Refit está autorizado a funcionar com lotação máxima, mas continuará com os processos de higienização e sanitização, feitos por empresa especializada antes de cada show.

O uso de máscara ainda é obrigatório, assim como a apresentação do comprovante de vacinação – carteira de vacinação digital do ConecteSUS, a própria caderneta física ou um papel timbrado da Secretaria Municipal de Saúde – para entrar no Teatro Rival Refit. A regra da Prefeitura do Rio vale para todas as casas de show e outros lugares públicos fechados.

O Teatro Rival Refit começa a receber o público uma hora antes, com som ambiente, ar condicionado e serviço de bar, seguindo, claro, todos os protocolos sanitários para proteger público, artistas e funcionários.

Na entrada, todos terão temperatura aferida, e haverá dispensers de álcool 70° em gel distribuídos pelas dependências do teatro.

Clientes só podem retirar a máscara para o consumo de bebida e comida, sentados em seus devidos lugares.

Cuidar da própria saúde e da saúde dos outros é também uma forma de resistência.