Breaking do Verão apresenta 2ª edição com alguns dos melhores atletas do mundo

0
508

O Rio de Janeiro volta a sediar o maior festival de Breaking do país, estilo de dança esportiva que fará sua estreia como modalidade olímpica em Paris 2024 e traz boas promessas de medalhas para o Brasil. Em pleno verão, de 19 a 22 de janeiro, o Velódromo do Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, vai abrigar a segunda edição do ‘Breaking do Verão’. A competição internacional de breaking, realizada pela agência Fábrica, une os pilares da Cultura Hip-Hop com o breaking, grafite, música e claro, muita dança.

Com o dobro de dias em relação à última edição, o evento contará com b-boys e b-girls convidados, além dos inscritos nas eliminatórias na competição que acontecem nos dias 19 e 20 de janeiro. A competição conta com curadoria técnica de Pelezinho, b-boy que cresceu em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, e que se tornou o responsável por colocar o Brasil no mapa mundial do breaking. O evento é apresentado pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, Lei Estadual de Incentivo à Cultura e Petrobras, patrocínio de Cheetos e Redley e apoio da Red Bull e Dorflex.

Estilo de dança de rua, que se popularizou nos anos 70 no Bronx, em Nova York, o breaking é um dos elementos que compõem a Cultura Hip Hop. É cultura e uma filosofia de vida. Assim como o skate e surf, o breaking possui seu próprio “Life Style”. A nova modalidade olímpica tem sua própria música, arte e dança.

“A segunda edição do Breaking do Verão chega ainda mais forte para dar mais visibilidade a essa nova modalidade olímpica. Estamos trazendo os melhores b-boys e b-girls do mundo que estão se destacando em competições internacionais. Além dos convidados, abrimos vagas para     quem quiser participar, se tornando um evento mais democrático através de eliminatórias. Acreditamos que essa competição irá fazer com que as pessoas conheçam mais a fundo a cultura e o que está por trás dessa dança desportiva. O breaking é uma ferramenta de transformação fortíssima e queremos trazer esse olhar para as pessoas” afirma Fernando Bó, idealizador do Breaking do Verão.

Ao todo são 32 atletas em busca do título de melhor B-Boy e melhor B-Girl da 2º edição do Breaking do Verão. Destes, 12 são atletas internacionais, como o americano Victor, campeão do Red Bull BC One Word Final e representante da Seleção Americana de Breaking e Red Bull BC One All Stars, o cazaquistanês Amir, Campeão do Red Bull BC One World Final 2021, a alemã Jilou, atual campeã do BDV e representante da Seleção Alemã de Breaking, a americana Logistx, campeã mundial e representante do Underground Flow, BreakinMIA e Red Bull BC One All Stars, e a japonesa Ami, campeã do Red Bull Bc One World Final 2018 e atual campeã do World Breaking Championship Korea.

Entre os competidores nacionais, o evento traz nomes como o paraense Leony, atual campeão do BDV e o paulista Luan San, atual campeão do CNDD Breaking Sport e representante do Time Petrobras, da parte feminina, estarão a paulista Toquinha, atual campeã do CNDD Breaking Sport e representante do Time Petrobras, a brasiliense Maia, atual campeã do Red Bull BC One Brasil, e outras novidades. Compondo o time de jurados, o campeonato conta com 2 nomes internacionais, entre eles o b-boy argelino-francês Lilou, um dos nomes mais emblemáticos da cena Breaking mundial, e 1 nacional.
Transmissão

O Breaking do Verão será transmitido ao vivo no Sportv dia 21 e na TV Globo dia 22 de janeiro.

SERVIÇO

Breaking do Verão

Data: 19 a 22/01

Local: Velódromo do Parque Olímpico

Endereço: Avenida Embaixador Abelardo Bueno – Barra da Tijuca/RJ

Gratuito

Classificação: Livre