SRES Lins Imperial promove Feijoada da Diversidade com show da Paraíso do Tuiuti

0
191

Uma vez por mês até o carnaval, a Escola de Samba Lins Imperial abrirá as portas da sua quadra para realizar a Feijoada da Diversidade, evento que reúne e homenageia personalidades que lutam pelas causas LGBTQIAP+. Agora fixo no calendário de eventos da agremiação, a Feijoada da Diversidade visa receber gays, lésbicas, bissexuais, travestis, transexuais, drag queens, simpatizantes e heterossexuais para uma grande confraternização, reafirmando que a verde e rosa do Lins apoia e defende as causas da liberdade e diversidade. A edição de outubro acontece neste domingo, 9, a partir das 13h recebendo a Paraíso do Tuiuti. 

Como nas edições anteriores, a escola premiará pessoas que divulgam, trabalham e fazem ações pelas causas e movimentos LGBTQIAP+. A homenagem criada pelo Departamento Cultural da agremiação se inspira no personagem do enredo 2023: João Francisco dos Santos, o Madame Satã. Nordestino, preto e homossexual que dá nome ao Prêmio Madame Satã. Neste domingo serão homenageados: Pedro Figueiredo e Erick Rianelli, jornalistas da TV Globo; Bruna Benevides, militar da Marinha; Leonardo Antan, historiador da arte; Natalia Stoco, poeta e compositora; Wescla Vasconcelos, pedagoga, atriz e assessora parlamentar; Céu Cavalcanti, presidente do Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro, Samile Cunha, artista, performer, destaque do carnaval e Elaine Parker, presidente do clube LGBTQIAP+ mais antigo em atividade. 

O time de atrações contará também com show das transformistas Shanna Adoo, Priscila Maller, Greicy Dahrk, DJ Yanna Dahrk, além de Manuzinha e Edinho dos teclados. A apresentação é de Lívia Martinelly. A entrada é R$ 5,00 ou 1kg de alimento não-perecível. A feijoada sai por R$ 20,00 e será servida até às 18 horas. As mesas são gratuitas e quem quiser curtir o evento de camarote pagará apenas R$ 20,00 na pulseira de acesso. 

A  quadra da Lins Imperial fica localizada na Rua Lins de Vasconcelos 623 – Lins.

 

Serviço:

Feijoada da Diversidade da Lins Imperial – Escola Convidada: Paraíso do Tuiuti

Data: 09/10/2022

Horário: 13 às 22h

Valor: R$ 5,00 ou 1k de alimento não-perecível

Classificação Livre

 

Breve Histórico sobre os homenageados:

Pedro Figueiredo

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é jornalista da TV Globo, carioca, defensor da democracia e dos direitos individuais e casado com Erick Rianelli, também jornalista da TV Globo. Ambos atuam a favor da causa LGBTQIAP+ e recentemente receberam o prêmio Cidadania, Direito e Respeito à Diversidade, entregue pela Alerj. Foi produtor de reportagem, atuando no Núcleo de Projetos Especiais da Editoria Rio, na cobertura das Eleições 2014 para o Governo do Estado do Rio de Janeiro, no RJTV, no Bom Dia Brasil e no Jornal da Globo. 

 

Erick Rianelli

Se formou em Jornalismo pela UFRJ. Começou a trabalhar na Globo em 2013 como estagiário e hoje é repórter em jornais regionais como o Bom dia Rio, RJ1 e RJ2, e nacionais, como o Jornal Nacional e o Jornal da Globo. O jornalista também participou de coberturas importantes da emissora, como eleições, carnavais, a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Atua a favor da causa LGBTQIAP+ e recentemente recebeu o prêmio Cidadania, Direito e Respeito à Diversidade, entregue pela Alerj.

 

Céu Cavalcanti

Nascida no interior de Pernambuco, Cavalcanti fez psicologia pela UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) e se mudou para o Rio em 2018 para estudar —ela é atualmente doutoranda em psicologia pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Céu Cavalcanti é a primeira pessoa trans eleita a presidente do Conselho Regional de Psicologia do RJ.

 

Bruna Benevides

Militar antifascista, Palestrante sobre Diversidade Sexual e de Gênero, Consultora LGBTQIAP+ e de Direitos Humanos

Militar da Marinha. Secretaria de articulação política da Associação nacional de travestis e Transexuais (ANTRA). Responsável pela pesquisa anual sobre violência contra a população  Trans brasileira e pesquisadora sobe pessoas trans nas eleições e violência política. Coordenadora do pré-vestibular social Preparanem Niterói. Eleita uma das 100 mulheres pioneiras na liderança poltica pela Woman of the world

 

Natália Stoco

Mulher Negra, Bissexual, Poeta, compositora, Pedagoga, Arte educadora, escritora, produtora sociocultural, gestora de projetos sociais e Mestra em Educação pela UFRRJ. É Diretora de relações públicas do Grupo ELLOS. Co-organizadora da Parada do Orgulho LGBTI+ de Nova Iguaçu. Pesquisadora especialista em gênero, sexualidades e educação, atuando nessa área a 8 anos.  Conselheira Municipal em Nova Iguaçu no Conselho de defesa dos direitos do negro e no Conselho de Segurança Pública, Direitos humanos e Cidadania.  Co-autora do livro: Direitos humanos na educação básica, editora CRV 2019) e co-autora do livro: Educação, raça, gênero e sexualidades, perspectivas plurais, editora CRV (2021).

 

Wescla Vasconcelos

Filha Travesti de pais analfabetos e agricultores rurais, cearense, Pedagoga, atriz e produtora criativa. 1° pesquisadora Travesti a defender Mestrado em Cultura e Territorialidades na UFF. Articuladora do Fórum Estadual de Travestis e Transexuais do RJ. Ex-acolhide e colaboradora da Casa de acolhimento LGBT – CasaNem. Assessora Parlamentar no mandato da vereadora Tainá de Paula – Câmara Municipal do Rio.

 

Samile Cunha

Artista Performer, destaque de Carnaval, figurinista. Alter-ego do figurinista de teatro e carnaval Samuel Abrantes. Pesquisador e Professor Associado dos Cursos de Artes Cênicas da Escola de Belas Artes/EBA da UFRJ. As carreiras de Samile e Samuel se misturam por conta de ações no Teatro e Carnaval. Como figurinista, foi condecorada com o Prêmio Schell em diversas ocasiões. Assinou inúmeros figurinos ao longo de 35 anos de carreira. Paralelamente ao trabalho em teatro, Samile Cunha atua continuamente em escolas de samba, como destaque e performer e publicou alguns livros.

 

Elaine Parker

Artista e presidente da Turma OK,  fundada em 13 de janeiro de 1961, é  o clube LGBTQIAP+ mais antigo do mundo em atividade.

 

Leonardo Antan

Historiador da arte, curador e escritor. Graduado e mestre em História da Arte pela UERJ. É editor do projeto multi-plataforma Carnavalize, que realiza exposições, publicações e eventos sobre a festa.