Pesquisadores da Uerj lançam plataforma digital sobre municípios musicais

0
420

O Grupo de Pesquisa Comunicação, Arte e Cidade (CAC) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) acaba de lançar a plataforma digital “Cartografia das Cidades Musicais do Estado do Rio de Janeiro”, resultado de um extenso projeto de pesquisa realizado nos últimos quatro anos. O material pode ser acessado no site: www.cartografiasmusicais.com.br

A hipótese central do estudo é a de que existem “cidades musicais” pelo Brasil e pelo mundo, com suas respectivas e relevantes singularidades. Neste caso, os pesquisadores empregam este conceito para designar localidades que possuem características específicas que, pela ação do tempo, promovem expressivas modificações no imaginário e cotidiano urbanos, produzindo efeitos significativos no território em questão.

A partir dos estudos de casos das cidades de Rio das Ostras, Paraty e Rio de Janeiro, além do distrito de Conservatória, em Valença, a pesquisa busca avaliar a importância das atividades musicais realizadas ao vivo e nos espaços públicos e privados por artistas, coletivos e redes sociais. A ideia era investigar sua capacidade em converter esses territórios em espaços mais democráticos e com dinâmicas mais interculturais.

De acordo com a coordenadora do projeto, a professora Cíntia Sanmartin Fernandes, do Departamento de Teoria da Comunicação da Uerj, a expectativa do grupo é lançar uma publicação com os resultados finais do estudo no primeiro trimestre de 2023. A pesquisa contou com a colaboração do Núcleo de Estudos e Projetos em Comunicação da UFRJ, além de apoio da Faperj, CNPq e Capes.

A Uerj é vinculada à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação.