Projeto Poesia no Centro – Tanussi Cardoso e outras vozes no CCJF

0
45

No alto verão do Rio de Janeiro, em janeiro e fevereiro deste ano, o
melhor da poesia carioca vai fazer morada no Centro Cultural da Justiça
Federal, no centro da cidade. O projeto “Poesia no Centro – Tanussi
Cardoso e outras vozes”, com curadoria dos poetas Carmen Moreno e Igor
Fagundes, vai ocupar o Teatro do CCJF, inicialmente nos dias 16 e 17 de
janeiro e 6 e 7 fevereiro.

As apresentações terão como eixo principal a obra do escritor Tanussi
Cardoso e todas as sessões serão abertas com o curta-metragem “Faces de
Tanussi Cardoso”, de autoria da escritora e poeta Carmen Moreno. Neste
registro audiovisual, a autora focaliza, além do trabalho do poeta, a
humanidade cotidiana de Tanussi, muitas vezes desconhecida de seus
leitores, com depoimentos de vários outros escritores. O poeta
homenageado estará presente em todos os quatro encontros, recebendo seus
amigos.

Nos dias 16 e 17 de janeiro, quinta e sexta-feira, os poetas convidados
são: Antonio Carlos Secchin, Carmen Moreno, Claudia Roquette-Pinto, Igor
Fagundes, Paulo Henriques Britto (16/01); e Adriano Espínola, Christovam
de Chevalier, Paulo Sabino, Salgado Maranhão, Thereza Christina Rocque
da Motta (17/01).

Nos dias 6 e 7 de fevereiro, quinta e sexta-feira, os poetas convidados
são: Anna Maria Fernandes, Cláudio Leal Cacau, Cairo Trindade (in
memorian*),  Jorge Ventura, Laura Esteves, Luiz Otávio Oliani (6/07); e 
Antonio Cicero, Celi Luz, Geraldo Carneiro, Mano Melo, Marcelo Mourão,
Marcus Vinicius Quiroga (07/02).

*Grande nome da poesia carioca desde os anos 80, o poeta gaúcho
performático, editor e promotor de sua oficina literária regular, Cairo
Trindade faleceu em dezembro de 2019 mas já estava com o nome programado
para sua apresentação no dia 6/02. Neste dia, então, será homenageado
com a leitura de seus poemas.

De acordo com Tanussi Cardoso, poeta reconhecido no meio da poesia e
muito querido pelo público, vencedor de diversos prêmios, nacionais e
internacionais, com sua obra publicada em vários países, “a ideia do
projeto é mapear o que há de melhor, na atualidade, na poesia carioca, e
entre os poetas atuantes em nossa Cidade. Se tudo der certo, tentaremos,
junto ao CCJF, que o projeto entre para a programação anual do local,
que já virou sinônimo do melhor da nossa Cultura.  O próprio nome remete
a isso: “Poesia no Centro”, simbolizando que a poesia invadirá o Centro
do Rio de Janeiro, no Centro Cultural Justiça Federal, e,
principalmente, que será a poesia a rainha de tudo, ou seja, a poesia
será o CENTRO do evento, a grande protagonista e razão de ser dos nossos
encontros”, explica animado o poeta de 73 anos, que há dois anos lançou
seu mais recente livro “Eu e outras consequências” (editora Penalux).

Segundo os curadores, o projeto está concebido como estímulo para a
cultura literária, apoiando-se nos versos de Tanussi e seus convidados.
O objetivo é levar ao público o contato direto com seus poetas
preferidos, atuantes no Rio de Janeiro, dialogando com eles através da
expressão lúdica e das várias linguagens cênicas de que se pode valer a
poesia, como a expressão corporal, a performance, o cinema e a
literatura. “No palco, teremos não apenas uma apresentação, mas a poesia
se tecendo como conversa íntima, a resgatar sua oralidade e corporeidade
originárias, e diminuindo a distância entre o poeta, a sua obra e o
público leitor”, complementam Igor e Carmen.

Sobre Tanussi Cardoso:

Formado em jornalismo e em direito, é poeta, crítico, contista e
letrista de MPB e publicou 12 livros de poemas, tendo nascido no Rio de
Janeiro, onde mora.

Seu nome é verbete da Enciclopédia de Literatura Brasileira e do
Dicionário Cravo Alvim da Música Popular Brasileira. Tem poemas
publicados na Argentina, Chile, Colômbia, Espanha, EUA, França, Itália,
México, Portugal, Peru, Uruguai e Romênia; e traduzidos para o inglês,
francês, espanhol, italiano e russo.

Seu poema Substantivos é estudado no livro Gramática Contemporânea da
Língua Portuguesa, de José de Nicola e Ulisses Infante, Ed. Scipione,
São Paulo, e, também, na gramática Língua Portuguesa – Novas Palavras,
Ensino Médio, de Emília Amaral e outros, Ed. FTD, São Paulo. Além de ser
publicado no Japão, em uma Gramática de Aprendizagem de Português para
japoneses. Em 2013, seu livro Teias, Ed. Costelas Felinas, Santos-SP,
foi o vencedor do Segundo Prêmio Literário Narciso de Andrade;

Seu livro mais recente, Eu e Outras Consequências (Penalux), foi o
vencedor do “PRÊMIO MANUEL BANDEIRA 2019”, da UNIÃO BRASILEIRA DE
ESCRITORES, RJ. Foi agraciado com o “Troféu Marcio Carvalho”, no “XI
Festival Carioca de Poesia”, organizado pelo Grupo Poesia Simplesmente,
Rio de Janeiro (2007). É homenageado no Pen Clube do Brasil, saudado
pela poeta e escritora Carmen Moreno, com o artigo “Fragmentos do humano
e do místico em Tanussi Cardoso” (2010).

Serviço:

Poesia no Centro – “Tanussi Cardoso e outras vozes”

Local: Teatro do CCJF

Datas: 16 e 17 de janeiro, quinta e sexta, e 6 e 7 de fevereiro, quinta
e sexta.

Horário: das 19h às 20h30min.

Ingresso: R$ 5,00 (cinco reais inteira) e R$ 2,00 (dois reais meia).

Endereço: Av. Rio Branco, 241 – Centro, Rio de Janeiro

Telefone: (21) 3261-2565

Classificação: Livre