Procon Carioca inaugura posto avançado de atendimento em parceria com a Universidade Candido Mendes

0
272

Na semana em que se comemora o Dia do Consumidor, o Procon Carioca, órgão vinculado à Secretaria Especial de Cidadania inaugurou, em parceria com a Universidade Candido Mendes, em Ipanema, nesta sexta-feira, 17 de março, um Posto Avançado de atendimento à população. A iniciativa busca promover a orientação dos consumidores sobre os seus direitos, bem como agilizar a resolução das questões de consumo apresentadas.

As instituições assinaram Acordo de Cooperação Técnica no último mês de dezembro. Em seguida, foi realizada a capacitação pelo Procon Carioca junto ao Núcleo de Práticas Jurídicas da universidade para que os alunos possam realizar o atendimento com a utilização da plataforma digital Proconsumidor. A equipe terá a supervisão do Coordenador do posto, o advogado e professor Thiago Loyola e do Procon Carioca.

Os atendimentos serão feitos mediante agendamento prévio pelo e-mail [email protected].. Após o agendamento, os consumidores serão atendidos presencialmente no posto, de segunda-feira a sexta-feira, de 10h às 13 horas, ou remotamente, por meio de videoconferência.

O diretor executivo do Procon Carioca, Igor Costa, considera a inauguração do posto mais um avanço na ampliação no atendimento para a população, cuja demanda para as questões de consumo aumenta a cada dia.

“O Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor atua com o objetivo de expandir sua rede de atendimentos, incluindo aí nossas constantes ações itinerantes e mutirões para que alcancemos todos os pontos da cidade. E a parceria com a UCAM é de extrema importância para dar ainda mais opções para que o consumidor busque seus direitos”, afirma.

O coordenador do posto, Thiago Loyola também ressalta a importância da parceria entre a UCAM e o instituto. “O Procon é um dos principais instrumentos de defesa dos direitos da população, atuando na prevenção e solução de conflitos ligados às relações de consumo. O envolvimento dos alunos é muito positivo, pois desenvolvem a capacidade de análise crítica, poder de síntese, argumentação e convencimento, atuando em casos reais e aprimorando a capacidade de encontrar soluções jurídicas e buscar a harmonização dos interesses envolvidos. Os bons fornecedores também se beneficiam, pois podem prestar os esclarecimentos necessários e a efetiva solução do caso, evitando a distribuição de processos judiciais. Consumidor bem informado dificilmente será prejudicado”, afirma.