Dudu Nobre é a nova atração do Casarão do Firmino na Lapa

0
223

O cantor e compositor Dudu Nobre será a nova atração do próximo sábado (24/02), do  Casarão do Firmino, na Lapa, com aquele esquema: você paga um valor colaborativo.

Abertura do evento com os grupos Bigua e Tô no Trabalho Amor e nos intervalos a DJ Nicolle Neumann animando a galera.

Dudu Nobre é um dos músicos mais respeitados da música popular brasileira e possui 22 anos como cantor e 37 na música. O contato com a música começou ainda na infância, aos cinco anos de idade, quando demonstrou interesse pelo cavaquinho, instrumento que o acompanha até hoje e que, com orgulho, é autodidata. Logo começou a frequentar aulas de piano clássico e percussão. Dali em diante, o sambista, que cresceu rodeado de artistas como Beth Carvalho e Zeca Pagodinho, já dava indícios de que escreveria seu nome na história da música. Tendo como grandes referências os músicos Almir Guineto, Martinho da Vila e o grande baterista e compositor Wilson da Neves como seu padrinho de batismo, e afilhado de samba do mestre Zeca Pagodinho, ele caiu nas graças do público ao gravar clássicos como “Tempo de Dom-Dom”, “Goiabada Cascão” e “A Grande Família”. Além de intérprete, Dudu Nobre é também um consagrado compositor. Músicas como “Água da minha sede”, “Vou botar teu nome na macumba”, “Quem é ela” e “Pro Amor Render” são de sua autoria e conhecidas nacionalmente. Apaixonado pelo Carnaval, o carioca também é um compositor nato de samba-enredo. Ao longo de sua trajetória, ele já emplacou e conquistou mais de 30 sambas vencedores, incluindo nas renomadas escolas Mocidade Independente de Padre Miguel, Unidos do Viradouro, Unidos da Tijuca, Vila Isabel, Unidos de Vila Maria e Mocidade Unida da Glória (MUG).

Um “Palácio do Samba”, como é popularmente conhecido, localizado no berço da boemia carioca, no bairro da Lapa, entre o Centro e a zona sul do Rio de Janeiro, o Casarão do Firmino é conhecido pelas tradicionais rodas de samba que reúnem grandes nomes do cenário musical, pessoas de todos os cantos do Rio de Janeiro, além de turistas brasileiros e estrangeiros.

 O idealizador do Casarão é o empresário Carlos Firmino, de 42 anos, que dá nome ao espaço cultural, que ocupa uma área coberta e ampla, de fácil acesso, situada na efervescência cultural do Rio. O Casarão também é símbolo de resistência. Os eventos buscam resgatar a essência do samba, com entradas gratuitas ou colaborativas, em que cada frequentador contribui se quiser e com quanto puder. O principal objetivo é manter vivo o ritmo que mexe com pessoas do mundo inteiro.


SERVIÇO

Dudu Nobre no Pagode do Casarão do Firmino 

Abertura do evento com os grupos Bigua e Tô no Trabalho Amor e nos intervalos a DJ Nicolle Neumann

Data:  24 de fevereiro – sábado

Local: Casarão do Firmino  – Rua da Relação, 19 – Lapa – Rio de Janeiro

Horário: A partir as 17h

ENTRADA COLABORATIVA