XX Bienal do Livro Rio recebe 90 mil estudantes

0
103

Com o propósito de estimular o hábito da leitura como forma de transformar o país, a XX edição do maior festival literário do país recebe cerca de 90 mil estudantes das redes pública e particular. O projeto Visitação Escolar tem como objetivo aproximar crianças e jovens do universo dos livros, estimulando a criatividade, a imaginação e o pensamento crítico.

Na 20ª edição, metade das vagas está reservada para alunos da Secretaria Municipal de Educação do Rio (SME). O projeto é destinado exclusivamente aos estudantes e seus acompanhantes das unidades de ensino. Ainda é possível adquirir ingressos, mas somente online ou na bilheteria física do evento, que está sendo realizado no Riocentro, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Para Clareana Garcia, professora de Português da rede pública, trata-se de um projeto fundamental para os jovens leitores. “Os alunos estão adorando. É só olhar quantas bolsas de livros cada um está segurando. Eles estão tão felizes de terem recebido esse benefício que não sabem nem o que escolher primeiro. Eu mesma comprei livros para me ajudar e assim ajudar os nossos alunos da rede pública”, disse ela.

A aluna do 6º ano Maiara Kelly, de 12 anos, disse também estar adorando o evento. “É muito legal. Tem muito livro para as crianças aprenderem mais. Adoro conto de fadas. Estou muito animada para ir para casa e começar a ler. Na minha escola tem uma biblioteca e estou sempre lá”.

Os professores e alunos também fizeram questão de elogiar as medidas sanitárias e de segurança adotadas pela Bienal do Livro Rio. O evento funciona com turnos para a visitação escolar, o uso de máscaras é obrigatório, e pessoas com mais de 12 anos devem apresentar comprovação de vacinação.

Pluralidade: fake news, romance, fé e política

A programação desta quarta trouxe debates contemporâneos, para todos os públicos. Criador da Turma da Mônica, Mauricio de Sousa lançou no evento nesta quarta-feira, dia 8, ‘#XôFakeNews: uma história sobre verdades e mentiras’. Em mesa de debate virtual, mediada pela jornalista Maria Clara Cabral, o cartunista contou sobre a criação da personagem Tina e reforçou a importância de debater o tema das fake news com as crianças.

Em parceria com a jornalista e mestre em Educação Januária Cristina Alves, eles tratam de grandes desafios da era digital, como a mentira e a desinformação. Na história, a personagem Tina é uma jornalista formada e decide virar uma influenciadora digital para atuar no combate às fakes news. O livro tem uma narrativa leve e encantadora, com ilustrações de Mauricio e texto em prosa de Januária Cristina. Os autores contaram ainda com a colaboração da influenciadora Camila Coutinho, que participa da obra como personagem, dando dicas para Tina.

Às 15h, foi o momento de conversar sobre “Os desafios de nos tornar quem somos”, sessão da Intrínseca. Assim como seus leitores, muitos personagens de romances para jovens precisam descobrir quem desejam se tornar e qual o seu lugar no mundo. Nesta mesa, as autoras Jenna Evans Welch e Tracy Deonn falaram sobre seus livros “Amor & Azeitonas” e “Lendários”, respectivamente, e conversaram sobre os desafios em traçar seu próprio caminho na vida. A mediação foi da escritora Clara Savelli.

Entre as mesas mais esperadas estava a da advogada Gabriela Prioli, que mostrou como a política também pode ser pop. O ator Vitor diCastro e a apresentadora e empresária Bielo Pereira participaram com ela da sessão, contando como a nova geração, que parecia “desconectada” da política, ganhou milhões de seguidores causando “boom” online. A mediação foi da curadora Claudia Sardinha.
O desejo de menos intolerância religiosa, mais respeito em relação às diferenças e a união entre os povos também marcou a noite desta quarta-feira. Com mediação de Pedro Alvarenga, Pedro Siqueira, Yalorixá Luana de Oyá, Pastor Henrique Vieira e Rabino Lucca Myara participaram da mesa “Fé e Juventude”. Estes jovens, à frente de diferentes movimentos religiosos, transitam por diversas mídias para expressar sua fé, passar mensagens de esperança e se conectar.

Confira os destaques desta quinta-feira (09/12):

11h: Reformulando clichês (Sessão Expositor – Sextante)

Masculinidade tóxica em pauta, protagonistas que desafiam o patriarcado, mudança na dinâmica de influência são os temas abordados na sessão com as norte-americanas Lyssa Kay Adams (on-line) e Scarlett Peckham (on-line). A mediação é da autora Frini Georgakopoulos.

 

17h: Estantes virtuais: indicações dos booktubers e booktokers nas listas de sucesso

Celebrados booktubers e booktokers falam sobre seus processos de escolhas de livros, as diferenças de conteúdo e de formato para diversas redes sociais e o papel como influenciadores. Os convidados são Tiago Valente, fenômeno do TikTok, com mais de 330 mil seguidores; Wlange Keindé: sucesso na rede de vídeos do Google; Nana, do canal Livraneios. A escritora norte-americana Casey McQuiston, autora do sucesso “Vermelho, Branco e Sangue Azul” fará uma participação na mesa. A mediação é da autora Frini Georgakopoulos.

19h: Os Novos Rumos da Literatura LGBTQIAP+ Young Adult

Os escritores Clara Alves, Elayne Baeta, Juan Jullian, Pedro Rhuas e Deko Lipe participam do debate sobre como obras de YA (jovens adultos) com representatividade LGBTQIAP+ estão formando uma nova geração de leitores. A mediação é do curador Felipe Cabral.

Serviço

Local: Riocentro – Avenida Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

Data: até 12 de dezembro de 2021

Horários:

segunda a quinta: 09h às 21h;

sextas: 9h às 22h;

sábados e domingos: 10 às 22h;

Ingresso: R$ 40 (inteira)/ R$ 20 (meia-entrada) – venda online e nas bilheterias físicas do evento.