Fabrício Pires e Giovanna Justo formam o novo casal de mestre-sala e porta-bandeira do GRES União de Maricá

0
470

A Escola de SambaUnião de Maricá segue se reforçando com grandes nomes para brilhar em sua estreia na Marquês de Sapucaí. O mestre-sala Fabrício Pires e a porta-bandeira Giovanna Justo vão formar o primeiro casal da escola, visando o desfile da Série Ouro do próximo ano. Eles estavam na Acadêmicos de Niterói e dançam juntos desde o Carnaval 2019, quando eram da São Clemente.

Além da escola da Zona Sul, por onde ficou de 2013 a 2020, Fabrício Pires tem passagens por diversas escolas do Rio de Janeiro. Ele foi primeiro mestre-sala da Portela, Caprichosos de Pilares, Mocidade Independente de Padre Miguel, Porto da Pedra e Sossego.

Por sua vez, Giovanna Justo é uma das mais experientes e premiadas no segmento. Ela é cria da Estação Primeira de Mangueira, por onde defendeu o primeiro pavilhão por 15 carnavais e foi campeã do Grupo Especial duas vezes, mesmo número de conquistas que tem na Unidos da Tijuca. A porta-bandeira também dançou em escolas como Viradouro, Vila Isabel, São Clemente e Sossego.

Com a chegada de Fabrício e Giovanna, a União de Maricá já tem cinco contratados para o Carnaval 2024, além da renovação do mestre de bateria Paulinho Steves. A escola maricaense conquistou o acesso à Série Ouro após vencer o primeiro dia de desfiles da Série Prata, na Nova Intendente.