GRES Acadêmicos do Sossego vai levar ‘Os Tambores de Olokun’ para a Sapucai em 2020

0
152

A Escola de Samba  Acadêmicos do Sossego já definiu seu enredo para o Carnaval 2020. A agremiação desfila pela Série A, da LIERJ, na Marquês de Sapucaí.

No próximo ano, a Azul e Branco do Largo da Batalha vai levar para a Sapucai a história dos ‘Tambores de Olokun’, celebrando as raízes sagradas, históricas e personagens do cortejo negro que nasceu em Pernambuco.

– Nosso carnaval unirá o samba e a loa. O profano e o sagrado. Vamos levar para a avenida, muita música, religiosidade, dança e tudo que reforce a expressividade do Maracatu na formação da identidade cultural brasileira – contou Marco Antônio.

Com pesquisa e texto de Diego Araújo, o enredo da Sossego promete unir o samba ao maracatu e fazer ressoar o toque dos tambores na Sapucai, como explica o carnavalesco Marco Antônio Falleiros.

– Suas relações sagradas com o mar remontam os tempos míticos de Ilê-Ifé, quando a cerimônia do “Ilu-Olokun” era realizada, clamando ao Senhor do Mar, calmaria e fartura de pescado. O toque dos tambores reproduzia o  estrondar das ondas nos rochedos, evocando a presença de Olokun (Divindade das profundezas oceânicas) e sua corte marinha para receber seus balaios de presentes – completou.

A Azul e Branco já iniciou os trabalhos para construir seu próximo carnaval, contando com o apoio da apaixonada comunidade do Largo da Batalha e vai buscar forças nos ‘Tambores de Olokun’ para fazer bonito na abertura do segundo dia desfiles, na Marquês de Sapucai, em 2020.