Rede Ceja reabre matrícula de novos alunos

0
256

A Fundação Cecierj informa que a rede Ceja- Centros de Educação de Jovens e Adultos – reabre o processo de matrícula de novos alunos e que, desta vez, ele acontecerá totalmente online, respeitando o decreto do governador Wilson Witzel, que determina o isolamento social por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus. A partir do momento que estiver matriculado, o aluno terá acesso a todo o conteúdo programático e aos professores, por meio da plataforma de ensino.

São oferecidos o Ensino Fundamental (anos finais) e Ensino Médio, sendo necessário enquadrar-se nas seguintes situações: para ser aluno do Ensino Fundamental é necessário ter pelo menos 15 anos e para o Ensino Médio ter no mínimo 18 anos.

 

Matrícula

O primeiro passo é acessar o site cecierj.edu.br/rede-ceja/faca-sua-matricula/ e seguir o passo a passo indicado. Ao finalizar o envio das informações, o aluno ou quem estiver fazendo a matrícula deverá encaminhar para o e-mail da escola onde deseja estudar os documentos listados abaixo:

. Carteira de Identidade (RG)

. CPF

. Histórico Escolar ou declaração de escolaridade ou comprovação de aproveitamento do ENEM ou ENCCEJA ou Provão dos Exames Supletivos.

Observação: O arquivo com os documentos enviados deverão estar em PDF, sugerimos que utilizem aplicativos que transformam a foto dos documentos em PDF, preferencialmente todos os documentos em um único arquivo PDF.

 

Assim que houver a confirmação da matrícula, a escola entrará em contato com o aluno por e-mail, o mesmo usado no envio da documentação, com as orientações para iniciar os estudos de casa, como e o que estudará, número de matrícula e vídeo explicativo de como acessar a plataforma online de ensino.

É importante explicar que os documentos originais abaixo relacionados deverão ser obrigatoriamente apresentados quando a unidade escolar voltar a funcionar presencialmente.

Desta forma, a instituição continuará levado educação básica de qualidade para todo o estado, mesmo em época de pandemia. É uma boa hora para quem ainda não terminou os estudos voltar para a escola, sem precisar sair de casa.