Espaço Travessia recebe ocupação artística com obras de mais de 60 autores

0
178

Com início no último sábado (16/09), os antigos quartos da enfermaria do Instituto Municipal Nise da Silveira recebem a ocupação artística “Dignidade”. Após a sua primeira exibição no Corredor Cultural do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), em julho, a mostra chega ao Espaço Travessia, no terceiro e no quarto andares da “Casa do Sol”, na instituição. A exposição reúne mais de 60 artistas e obras de arte que contemplam o acesso aos direitos básicos do homem e a inclusão social.

Sendo uma referência para o valor dos indivíduos na sociedade atual, a palavra dignidade simboliza a origem do Instituto Municipal Nise da Silveira e o Movimento Antimanicomial, uma vez que o espaço marcado pela reforma psiquiátrica no país atualmente representa o avanço na defesa de métodos humanizados de terapia no município do Rio de Janeiro. É quase impossível pensar em dignidade sem atrelá-la a um direito humano: o acesso e a efetividade dos direitos à saúde, à educação, à espiritualidade, à moradia, à alimentação, ao trabalho, à terra, à integridade física, à opção sexual, ao envelhecimento digno, à comunicação e ao direto de circular livremente, entre outros.

Para os interessados em conhecer a ocupação artística e participar da imersão cultural, o Instituto Municipal Nise da Silveira fica na Rua Ramiro Magalhães 521, Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio. 

As visitas à ocupação artística acontecem de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, e a entrada é gratuita.