Theatro Municipal Palco Livre apresenta Desafios: Plataformas Digitais

0
378

As plataformas digitais ganham, a cada dia, mais importância. Em um mundo de isolamento social, a maior parte do conteúdo é compartilhada nas redes virtuais. É a tecnologia avançando em todas as áreas. Para falar sobre esta transformação nas artes, a live desta terça-feira, 21 de julho, será com o diretor artístico do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, André Heller-Lopes e o coordenador geral e programador do Grande Teatro Nacional do Peru, Maurício Salas Torreblanca. Começa às 15h no Instagram do Theatro Municipal do Rio de Janeiro (@theatromunicipalrj).

Sobre André Heller-Lopes – O diretor artístico do Theatro Municipal, André Heller-Lopes, é um grande divulgador da ópera e de novos talentos no Brasil. Professor da UFRJ, PhD pelo Kings College London, André se especializou na Royal Opera House de Londres, na Ópera de São Francisco e no Metropolitan Opera de Nova York. Dirigiu óperas e concertos por todo o Brasil, 8 no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Portugal, Estados Unidos, Áustria, Inglaterra, Polônia, Malásia, Alemanha, França, Argentina e Uruguai. Em 2013, a revista internacional “Opera”, do Reino Unido, dedicou um perfil de nove páginas ao seu trabalho. Dentre as produções que levaram sua assinatura encontram-se Salomé, Nabucco, A Valquiria, O Diário do Desaparecido, Savitri, Don Pasquale, Idomeneo (Theatro Municipal do Rio e CCBB-RJ), Die Walküre, Götterdämmerung, La Fille du Régiment, Falstaff, Samson et Dalila, Der Rosenkavalier, Adriana Lecouvreur e Andrea Chenier (Theatro Municipal de São Paulo, Teatro São Pedro e OSESP), Hansel e Gretel, Trouble in Tathiti, A Bela Adormecida e Nabucco (Lisboa); Tosca e Eugene Oneguin (Salzburgo); Manon Lescaut, Rigoletto, Jenufa e Don Pasquale (Buenos Aires;) Tristão e Isolda e Medea, em Manaus; Macbeth e Ariadne auf Naxos, em Montevidéu; Rigoletto e Lucia di Lammermoor (Belo Horizonte). No Rio de Janeiro, no Parque Lage, encenou ao ar livre e com entrada franca A Midsummer’s Night Dream – espetáculo patrocinado pelo prêmio internacional Britten 100 Award e pelo British Council – que acabou indicado para o Opera Awards de 2014, o “Oscar da ópera”.

Sobre Maurício Salas Torreblanca – Promotor Cultural, Comunicador Social e Gerente Público.Atualmente, trabalha como programador e coordenador do Grande Teatro Nacional do Ministério da Cultura do Peru. Ele é um profissional com vasta experiência em planejamento e gestão cultural. Ele orienta sua visão de trabalho, do setor público, para a geração de programas educacionais e projetos artísticos a partir de uma perspectiva focada principalmente no desenvolvimento da cidadania ativa.Sua experiência de trabalho também inclui ter sido diretor do elenco nacional do Ministério da Cultura do Peru por mais de oito anos. Ele também possui amplo conhecimento na produção de espetáculos de grande formato, muitos deles com projeção internacional e comunicação permanente em nível institucional sobre questões relacionadas à educação, arte e cultura. Seus quase 20 anos de carreira profissional, e especialmente seus 15 anos de trabalho no setor público, sempre se concentraram em servir o cidadão e promover e democratizar as artes cênicas.

 

Serviço:

Theatro Municipal Palco Livre, Vale e Petrobras convidam André Heller –Lopes e Maurício Salas Torreblanca em Desafios: Plataformas Digitais.

Data: 21 de julho – terça-feira

Live às 15h

Instagram: @theatromunicipalrj

Patrocínio Ouro @valenobrasil e @petrobras