Pesquisa mostra que mais de 50% dos consumidores iniciam o ano com dívidas

0
114

Sondagem feita pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ) sobre as despesas de início de ano, feita com 823 consumidores da região metropolitana do Rio, nos dias 8 e 9 de janeiro, mostra que 54,9% começaram 2024 com dívidas. A pesquisa desconsidera as despesas regulares, como contas mensais. 

De acordo com o IFec RJ, dos que têm despesas extras, 45,4% pagarão o IPTU parcelado, enquanto 37,6% à vista. Já o IPVA será pago parceladamente por 49,3% dos entrevistados, mas 33,3% vão quitar o imposto à vista. 

Em relação à matrícula escolar, 48,6% vão pagar à vista, enquanto 21% parcelarão a despesa. Já 40,6% vão pagar o material escolar sem parcelamento e 25,6% de forma dividida. 

A pesquisa indica também que a maioria dos consumidores (65,3%) não fez qualquer tipo de reserva ao longo de 2023 para pagar o IPTU, IPVA e a matrícula e material escolar neste início de ano. Já 34,7% fizeram provisão.

 

Sobre a Fecomércio RJ

Reúne 59 sindicatos patronais, líderes empresariais, especialistas e consultores com o objetivo de fomentar o desenvolvimento dos negócios no setor do comércio de bens, serviços e turismo no estado do Rio de Janeiro. Desenvolve soluções, pesquisas e disponibiliza conteúdo sobre questões que impactam a vida do empreendedor e colaboram nas decisões dos gestores públicos. Representa mais de 330 mil estabelecimentos, que respondem por 2/3 da atividade econômica do estado e 68% dos estabelecimentos, gerando mais de 1,6 milhão de empregos formais, que equivalem a 60% dos postos de trabalho no estado. Através do Serviço Social do Comércio (Sesc RJ) atua em assistência social, cultura, educação, lazer e saúde aos comerciários e população carente, enquanto o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac RJ) promove educação profissional voltada para o setor.