3ª temporada do TIM Music Noites Cariocas – Estreia com Ritchie e Guilherme Arantes

0
65

As comemorações dos 40 anos de “Menina Veneno” e do lançamento do álbum “Voo de Coração” continuam a encantar o público na turnê “A vida tem dessas coisas”. Só que agora Ritchie presenteia os fãs com duas grandes novidades: a regravação de “Ando meio desligado”, sucesso nos shows para homenagear Rita Lee, e a inédita “Saudade sem passagem”, parceria com Fausto Nilo.

Ambas fazem parte da parceria de Ritchie com a gravadora Biscoito Fino. Rita Lee foi “a fada-madrinha” que mudou o curso da vida de Ritchie, como ele mesmo pontua:

“Rita foi a primeira brasileira que eu conheci em Londres, em 1972, quando ela apareceu no estúdio onde eu estava gravando flauta no disco de uma banda londrina. Ficamos amigos logo de cara, ajudei ela a escolher sua primeira flauta transversal e ela, por sua vez, me mostrou pela primeira vez, “Ando Meio Desligado”, (já havia sido um grande hit dos Mutantes). Arrisco acrescentar que, não fosse pelo encontro fortuito com Rita (e com toda aquela turma que veio junto com ela à Londres, um grupo que incluía o Liminha e a “Cilibrina” Lucinha Turnbull), eu talvez jamais teria pisado em solo brasileiro. Os Mutantes me hospedaram na casa deles na Serra da Cantareira em São Paulo. Rita, Arnaldo e Sérgio me ajudaram a formar minha primeira banda brasileira, Scaladácida, naquele mesmo ano.

Devo muito à gentileza e carinho deles todos. Rita, minha querida fada-madrinha, obrigado por tudo… por ter mudado o curso da minha vida ao me convidar para conhecer o Brasil.”

A capa do single, que tem produção musical de Eron Guarnieri, Renato Galozzi e do próprio Ritchie, estampa uma foto do arquivo pessoal do compositor. “Essa foto foi feita no dia da nossa viagem ao País de Gales, em 1972, o mesmo em que Rita me convidou para conhecer o Brasil. Viva Rita Lee Jones! Sejamos Mutantes!”, finaliza.

Sobre a música inédita em parceria com Fausto Nilo, Ritchie diz que existem certas canções que ficam guardadas no fundo da gaveta, aguardando a hora certa de nascer: – Às vezes é uma gestação de anos. Às vezes é porque elas possuem linhas melódicas ou palavras ainda a serem desvendadas. Saudade Sem Paisagem (Ela Jamais Virá) é uma dessas. A harmonia e melodia principal surgiram pela primeira vez na minha cabeça em 2009. A letra foi logo encomendada ao querido parceiro e poeta, Fausto Nilo, mas o arranjo musical não ficou pronto a tempo para a gravação do meu DVD daquele mesmo ano. Deu saudade em

2024 e agora ela verá a luz do dia. Até que enfim, nasceu a criança – conta ele. Já Fausto Nilo lembra que no início da parceria, Ritchie o provocava apresentando melodias que o inspiravam a escrever letras do jeito que ele gosta. – Sao imagens contextualizadas no cenário da vida urbana ou da natureza. Gosto e acho que às vezes parecem roteiro de cinema. Muito grato parceiro por esta Saudade Sem Paisagem – diz Nilo.

A turnê “A vida tem dessas coisas”, agora com música inédita no repertório, continua a percorrer o Brasil, com próximas apresentações no Rio, Morro da Urca no próximo dia 5/04, São Paulo, no dia 6, e Belo Horizonte  dia 20.

 

Guilherme Arantes no TIM Music Noites Cariocas 

Com 27 álbuns lançados, Guilherme Arantes tem músicas gravadas por Roberto Carlos, Maria Bethânia, Elis Regina, Caetano Veloso, Gal Costa, entre outros. Em sua coleção de sucessos estão “Planeta Água”, “Amanhã”, “Cheia de Charme”, “Meu Mundo e Nada Mais”, “Um Dia, Um Adeus, “Lindo Balão Azul”, “Deixa Chover”, “Lance Legal”, “Pedacinhos” e “Brincar de Viver”.

Em 2020, Guilherme se mudou para Ávila, cidade medieval na Espanha. Lá, estudou orquestração e música barroca, que influenciou o seu último álbum ,”A Desordem dos Templários” (2021).

Em 2024, Guilherme completa 48 anos de carreira e é considerado um dos maiores compositores da música brasileira. 

No show, que é a celebração de uma carreira vitoriosa, Guilherme Arantes (voz e teclados) é acompanhado por Luiz Sérgio Carlini e Alexandre Blanc (guitarras e violões), Gabriel Martini (bateria) e Willy Verdaguer (baixo). Juntos, fazem uma retrospectiva de todos os grandes sucessos do artista.

 

Serviço:

TIM MUSIC NOITES CARIOCAS 

Dia 5 de abril – abertura com shows de Guilherme Arantes e Ritchie
Local: Parque Bondinho Pão de Açúcar
Endereço: Av. Pasteur, 520 – Urca, Rio de Janeiro – RJ
Site: www.timmusicnoitescariocas.com.br
Vendas: Ingressos a partir de R$ 180 (meia)
Possui Acessibilidade
Capacidade: 2100
Idade mínima: 18 anos
Abertura do bondinho: às 21h30
Horário dos shows: 1ª show às 23h / 2º show às 00h30 


LINE UP TIM MUSIC NOITES CARIOCAS 2024 

05 de abril – Sexta-feira – Ritchie e Guilherme Arantes
06 de abril – Sábado – L7nnon e Catha
12 de abril – Sexta-feira – Blitz e Fernanda Abreu
13 de abril – Sábado – Agnes Nunes e Marina Lima
19 de abril – Sexta-feira – Zeca Pagodinho
20 de abril – Sábado – Ana Carolina
26 de abril – Sexta-feira – Bala Desejo – com o Bala Baile Show, com participações especiais como Maria Gadu e Pretinho da Serrinha.
27 de abril – Sábado – Seu Jorge