Acadêmico Marco Lucchesi lança seu romance “Adeus, Pirandello” em evento virtual

0
164

O Acadêmico Marco Lucchesi participará de um evento virtual, promovido pela Livraria da Travessa, para o lançamento de seu romance “Adeus, Pirandello”, publicado pela Editora Rua do Sabão. O evento acontecerá no dia 22 de abril, a partir das 19h. O público poderá acompanhar a transmissão pelo canal do Youtube da Livraria da Travessa – https://www.youtube.com/channel/UCqSag64e3Wm3XZ4A9oKFy0w

Sobre o lançamento, o Acadêmico Antônio Torres declarou: “Com Adeus, Pirandello, Marco Lucchesi fecha uma trilogia carioca iniciada em 2010 com O dom do crime, cujo cenário é o Rio ao tempo de Machado de Assis (1886). O passo seguinte foi O bibliotecário do Imperador, de 2013, ambientado no mesmo Rio e no mesmo século XIX (1889). Mais uma vez, o poeta que traz nos olhos o clarão de um mundo inacabado nos oferece uma mistura hipnótica de prosa e poesia, num concerto de palavras com enredos labirínticos e fragmentos de discursos memorialísticos, entrecortados pela grave melodia do presente. Tudo para o prazer de sua leitura”.

“Esse livro há muito tempo insiste dentro de mim. Uma obsessão que não encontrou mais freios durante a pandemia. Era preciso falar daquele distante 1927 e projetá-lo no Rio de Janeiro de hoje. Amores perdidos e fiéis dentro da cidade e no mundo. E o fantasma de Pirandello me acompanha desde a minha juventude. A conversa precisava chegar a bom termo. A solidão e a esperança caminham lado a lado nessas páginas.”, disse o Acadêmico Marco Lucchesi sobre a publicação do novo livro.

Marco Lucchesi é o sétimo ocupante da cadeira nº 15, tendo sido eleito em 3 de março de 2011, na sucessão de Pe. Fernando Bastos de Ávila. Foi recebido em 20 de maio de 2011 pelo Acadêmico Tarcísio Padilha. É o atual Presidente da ABL. Escritor, poeta, ensaísta, professor e tradutor, graduou-se em História pela Universidade Federal Fluminense, obteve os títulos de mestre e doutor em Ciência da Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e fez pós-doutorado em Filosofia da Renascença na Universidade de Colônia, na Alemanha. É autor, entre outros, dos romances O bibliotecário do imperador e O Dom do Crime. Domínios da Insônia reúne, em grande parte, seu legado poético. É professor titular de Literatura Comparada da UFRJ e Doutor Honoris Causa pelas Universidades de Tibiscus e Aurel Vlaicu da Romênia. Palestrou em diversas universidades ao redor do mundo. Seus livros já foram traduzidos para mais de dez idiomas.