Adeus, Claudia Jimenez 

0
2203

Faleceu no Rio, no início da manhã deste sábado (20/08), a atriz e comediante Claudia Jimenez, aos 63 anos.

Intérprete de personagens marcantes, como a Dona Cacilda, da “Escolinha do Professor Raimundo”, e de Edileuza, de “Sai de Baixo”, a atriz estava internada no Hospital Samaritano, em Botafogo. A causa da morte foi insuficiência cardíaca.

O velório será neste sábado, das 12h às 16h30, no Salão Celestial do Memorial do Carmo, no Caju, Zona Portuária do Rio.

A atriz enfrentava problemas de saúde desde 1986, quando descobriu um tumor maligno no mediastino, atrás do coração. Ela se curou da doença. As sessões de radioterapia afetaram os tecidos do coração da atriz. Desde então, ela passou por três cirurgias.

Cláudia Maria Patitucci Jimenez nasceu 18 de novembro de 1958, no Rio. A artista iniciou a carreira no teatro, em 1978, na peça “Opera do Malandro”, de Chico Buarque. No espetáculo, ela deu vida à prostituta Mimi Bibelô. Não demorou muito para a atriz estrear na televisão. Em 1979, a atriz integrou o elenco da série “Malu Mulher”, da TV Globo. Na década seguinte, ela esteve em humorísticos como “O Trapalhões”, “Viva o Gordo”, “Chico Anysio Show” e “Armação Ilimitada”.

Claudia Jimenez ganhou destaque nos anos 1990 como Dona Cacilda, na “Escolinha do Professor Raimundo”. O bordão da personagem “beijinho, beijinho, pau pau”, em referência à música “Beijinho, beijinho, tchau, tchau”, de Xuxa, fez sucesso com o público. Em 1996, Claudia interpretou Edileuza, na série “Sai de baixo”. A personagem folgada e desbocada arrancou boas risadas dos telespectadores. Claudia também participou da série “Os Normais”, em 2002.

À atriz Claudia Jimenez, nossa saudade. Aos seus familiares, nossos sentimentos de pesar