Estado lança edital de carnava exclusivo para as escolas de samba

0
163

O Governo do Rio abriu as inscrições para quem deseja participar do edital “Não Deixa o Samba Morrer RJ 2”. A chamada pública da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (Sececrj), exclusiva para escolas de samba de todas as séries, é dividida em três categorias e vai premiar 84 agremiações com investimento total de R$ 4,32 milhões.

O edital de credenciamento das escolas de samba tem como finalidade premiar, financeiramente, propostas de ações de manutenção das atividades de Carnaval, promovendo o samba como manifestação cultural. Serão contempladas escolas das séries Especial, Ouro, Prata, Bronze, além de escolas independentes e mirins.

As inscrições ficam abertas até as 18h do dia 15 de dezembro, pela plataforma Desenvolve Cultura, no link: http://cultura.rj.gov.br/desenvolve-cultura/inscricao/

O edital “Não Deixa o Samba Morrer RJ 2” faz parte do pacote “Folia RJ 2023”, que ainda contempla as chamadas “Bloco nas Ruas RJ”, “Folias de Reis RJ” e “Turmas de Bate-Bolas RJ”. Somadas, vão garantir investimento de R$ 12 milhões para a festa do Rei Momo.

A chamada é voltada para escolas de samba constituídas como pessoas jurídicas. Como contrapartida, cada contemplado deve realizar, no mínimo, uma ação de forma presencial no Estado do Rio de Janeiro, tendo como público-alvo, preferencialmente, instituições de ensino públicas ou organizações da sociedade civil, podendo ser oficinas, palestras ou exposição de caráter educativo com o intuito de transmitir os saberes e práticas da escola de samba.

Também será cobrada a entrega do registro da execução da proposta/contrapartida em formato de vídeo, com duração mínima de dez minutos, gravado e disponibilizado gratuitamente, na íntegra, através de link permanente.

Categoria A: Os proponentes devem pertencer à Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro – Liesa (Série Especial). Serão concedidos 12 prêmios de R$ 150 mil, totalizando R$ 1,8 milhão.

Categoria B: Os proponentes devem pertencer à Liga Independente do Grupo A do Rio de Janeiro – Liga RJ (Série Ouro). Serão concedidos 12 prêmios de R$ 60 mil, totalizando R$ 720 mil.

Categoria C: Os proponentes devem ser escolas de samba não pertencentes a ligas (Série Prata, Bronze ou Independentes), ou escolas mirins. Serão concedidos 60 prêmios de R$ 30 mil, totalizando R$ 1,8 milhão.