Quissamã – Educação prepara atividades para alunos estudarem em casa

0
69

Quissamã segue com as ações preventivas à propagação do novo Coronavírus (Covid-19). Além das diversas medidas implementadas por meio de decretos e orientações do Ministério da Saúde e Governo do Estado, a partir da próxima semana novas condutas serão adotadas pela secretaria municipal Educação, por intermédio da Coordenação de Gestão Pedagógica (Cogep). As escolas da rede entregarão material impresso a pais e responsáveis, para que os estudantes possam fazer atividades em casa.

Trata-se do Projeto de Implementação de Estruturas na Rede Municipal de Ensino de Quissamã, cuja proposta é dar continuidade ao processo de ensino-aprendizagem dos alunos, mesmo com a suspensão das aulas. A iniciativa vai atender a todos os estudantes das unidades escolares, em caráter excepcional, com o objetivo de repor os 50 dias não contabilizados no calendário anual.

De acordo com calendário, os primeiros módulos poderão ser retirados nas unidades escolares (cronograma está no final da matéria) entre os dias 14 e 17 de abril. A coordenadora de Gestão Pedagógica, Helena Lima, frisa que os pais e responsáveis devem seguir as orientações das escolas, quanto à retirada dos materiais, para evitar aglomerações, e fala da relevância da iniciativa. “A secretaria municipal de Educação, por meio da Coordenação de Gestão Pedagógica, está desenvolvendo a Proposta de Atividades Supervisionadas, a partir de Módulos Estruturados. Então, com o objetivo de buscar a qualidade do ensino e do acesso e permanência dos alunos ao ambiente escolar, a Coordenação, professores, e equipe de Suporte Pedagógico das unidades escolares estão elaborando módulos (apostilas) dos componentes curriculares (Português, Matemática, Ciências, História e Geografia) para que os alunos possam estudar e realizar atividades em casa”, destacou Helena, ressaltando que não serão desenvolvidos conteúdos novos e os módulos terão atividades de reforço, fixação e superação de conteúdos trabalhados na escolas, antes do período da suspensão das aulas.

“Por isto, é de extrema importância a participação dos pais, no auxílio de estímulo aos filhos. Lembrando que esse ano, de acordo com a Medida Provisória nº 934, de 3 de abril de 2020, o governo federal possibilitou a redução de dias do calendário escolar. Porém é necessário cumprir as 800 horas. Assim, a secretaria de Educação se estruturou, para que essas atividades supervisionadas sirvam para contabilizar as horas em que os alunos não estão presentes na escola”, completou Helena.

O projeto será desenvolvido em dois módulos, conforme cronograma. Os pais deverão retirar esses materias na unidade escolar conforme calendário e entregar também no período previsto. Para os pais e responsáveis que residem distante das unidades, haverá ônibus escolares disponíveis ao longo do período de retirada dos módulos. “O cronograma individual de cada escola e a logística de transporte estarão disponíveis no site da Prefeitura e nas escolas”, disse Helena.

O secretário municipal de Educação, Róbisson Serra, destacou a iniciativa. “Decidimos, junto à nossa Coordenadoria de Ensino, que este formato de estudo, com Módulos Unificados, é a maneira mais eficaz de atingirmos 100% de nosso alunado. Os conteúdos elaborados por nossos professores serão bem objetivos e estamos contando também, dentro das possibilidades de cada um dos responsáveis pelos alunos, com a adesão dos referidos, para que nos auxiliem neste momento atípico mas que, certamente, iremos superá-lo”, ressaltou.

Clique (AQUI) para visualizar o cronograma.