“Ensaio sobre a Perda” estreia nos palcos na programação do Mês do Orgulho LGBTQIAP+ do teatro Glaucio Gill

0
341

Oito meses depois de se separarem, os atores Gustavo e Hamilton, recebem um comunicado de que foram contemplados num edital no qual se inscreveram quando ainda eram casados. Apesar do término turbulento, eles decidem retomar o projeto, no entanto, quando começam a ensaiar a peça, percebem que as feridas que foram abertas ainda não estão cicatrizadas. Assim se desdobra “Ensaio sobre a Perda”, comédia dramática que estreia na programação do Mês do Orgulho LGBTQIAP+ do teatro Glaucio Gill, em Copacabana, de 3 a 25 de junho, sempre aos sábados e domingos, às 20h. Com direção de João Fonseca, o espetáculo é uma criação de Herton Gustavo Gratto, que o encena com Hamilton Dias pela primeira vez nos palcos. 

A peça apresenta texto e interpretações instigantes e desafiadoras que entrelaçam realidade e ficção transportando o público para o espaço cênico em outra perspectiva, como espectadores dos bastidores conturbados de uma produção marcada pelo afeto e pela dor da perda.  

– A sala de ensaio se transforma num campo de guerra, onde ressentimentos vêm à tona, fazendo com que eles questionem se retomar o convívio profissional foi a melhor decisão, uma vez que a dramaturgia da peça que será montada os transporta para um mar de recordações. O texto foi escrito por Alonso, um dramaturgo argentino, que durante o processo de escrita, mergulhou profundamente na pesquisa: se tornou amante dos dois, antes de ir embora e deixar a peça sem final – conta Fonseca.

 

Da internet para os palcos 

O projeto faria sua estreia em 2020, mas precisou ser interrompido por causa da pandemia de Covid-19. Com o objetivo de mantê-lo em andamento, João Fonseca teve então a ideia de adaptar o espetáculo para uma plataforma online. A experiência foi ganhando repercussão e se tornou um sucesso de público, lotando todas as apresentações nas duas temporadas, realizadas entre agosto e outubro de 2020, e chamando a atenção de artistas consagrados, como Matheus Nachtergaele e Vera Holtz. Tamanha projeção rendeu convites para importantes festivais, como o “Festival Midrash de Teatro” e o festival internacional “Niterói Em Cena”, onde representou o Brasil. 

– Nosso intuito é convidar o público a compreender diferentes formas de afeto através de uma situação de identificação universal que é a perda. Dessa forma, propõe-se um recorte da comunidade LGBTQIAP+, a partir de um debate fundamental nos dias de hoje – explica o diretor. 

Para viabilizar o projeto, a equipe criou uma campanha de financiamento coletivo. Para colaborar, acesse https://benfeitoria.com/projeto/ensaio-sobre-a-perda-18ce  

 

Serviço:

Ensaio sobre a Perda

Temporada: de 3 a 25 de junho

Data e horário: sábados e domingos, às 20h

Local: Teatro Glaucio Gill – Praça Cardeal Arcoverde, s/n – Copacabana, Rio de Janeiro 

Entrada: R$ 50

Vendas internet: https://funarj.eleventickets.com/

Duração: 60 minutos

Classificação: 14 anos

Mais informações:

Instagram: @ensaiosobreaperda

Teatro Glaucio Gill é um espaço da Secretaria de

Estado de Cultura e Economia Criativa/FUNARJ. – Telefone da bilheteria (21) 2332-7904

 

Ficha técnica:

Direção: João Fonseca

Assis. de direção: André Celant

Texto: Herton Gustavo Gratto

Elenco: Hamilton Dias e Herton Gustavo Gratto

Produção: Bia Souto Maior

Supervisão de produção: Cacau Gondomar

Cenário e Figurino: Nello Marrese

Iluminação: JP Meirelles

Direção de movimento: Caroline Monlleo

Preparação Vocal: Adriana Micarelli

Fotografia: Júlia Assis

Vídeos: Bernardo Dutra, João Carvalho

Designer: Diogo Almeida (DART)

 

João Fonseca – Ator, diretor de teatro, tv e cinema. Entre seus principais trabalhos se destacam: “O Casamento”, “R&J de Shakespeare”, “Minha Mãe é uma peça”, “Tim Maia – Vale Tudo, o Musical”, “Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz – o Musical”, e “Maria do Caritó”, com o qual ganhou seu segundo Prêmio Shell. Na TV, é codiretor de “Vai que Cola” (atualmente na sétima temporada), programa do Canal Multishow. No cinema, dirigiu o longa “Não Vamos Pagar Nada”. 

André Celant – Ator formado pela UNIRIO e assistente de direção. Dentre seus trabalhos, integra o coletivo “Prática de Montação”, onde atuou no espetáculo “Cabeça de Porco”. Fez assistência de direção em “Grau Zero”, texto de Diogo Liberano e direção de Marcéu Pierrot, e participou do espetáculo “Quase”, com direção de Vanessa Garcia. 

Herton Gustavo Gratto – Dramaturgo, roteirista, poeta, publicitário e ator. Foi um dos vencedores na Primeira Edição do Núcleo Sesi de Dramaturgia, em 2014, no Rio de Janeiro, com o texto “Amores Flácidos”, que foi publicado no mesmo ano pelo Sesi- Firjan. Em 2015, foi o vencedor do Prêmio Nacional de Poesia, promovido por Autores S.A. No mesmo ano e ainda nos dois outros seguintes, assinou a dramaturgia de três edições da Oficina de Atores Cesgranrio. Em 2018, recebeu o prêmio de autor revelação na FITA (Festa Internacional de Angra dos Reis) com o texto “Rugas”, dirigido por Amir Haddad. Na TV, foi um dos roteiristas dos programas “Vai que cola” e “A Vila”, no Multishow. Herton Gustavo Gratto é também autor dos textos “Moléstia”, “Eu só queria que você não olhasse pro lado”, “Sujeito a Reboque” e “Bem Casados”, que estiveram em cartaz no ano de 2019 no Rio de Janeiro, além de “Luana no País das Maravilhas”, no
mesmo ano, em Salvador. Um dos seus mais recentes trabalhos é no streaming, interpretando o apresentador Faustão na série “O Rei da TV”, da STAR+. 

Hamilton Dias – Ator, roteirista e músico. Entre seus principais trabalhos, se destacam “Tropicalinha – Caetano e Gil para crianças”, indicado ao prêmio CBTIJ em 2019 de melhor ator coadjuvante, Céu estrela – O Musical, “Não tô entendendo nada”, vencedor do prêmio FITA como espetáculo revelação e elenco revelação. Na TV, integrou o elenco do seriado “Estranha Mente”, exibido no Canal Multishow. No cinema, atuou em “Ana e Vitória, o filme”, “Tamo Junto” e “Tá escrito”, todos com direção de Matheus Souza, e “SOS Casamentos”, com direção de Bruno Garcia.