Espaço Cultural Arte Sesc, recebe atrações do RioHarpFestival

0
483

O Espaço Cultural Arte Sesc, localizado na sede do Sesc RJ, no bairro do Flamengo, Zona Sul do Rio, recebe nesta quinta-feira (7/7) uma das atrações do RioHarpFestival, um dos principais festivais do mundo dedicado ao instrumento, que começou na última sexta-feira e se estende até o dia 31/7 no Rio. Trata-se do Quinteto Ecos Latinos, formado por músicos do Brasil, Estados Unidos e República Dominicana. O concerto, que acontece às 18h, tem entrada franca. 

O grupo é liderado pela harpista Patrice Fisher. Formada pela Universidade de Tulane e pelo Instituto Wolf Trap, é residente em Nova Orleans (EUA), onde compõe e se apresenta desde os anos 1980. Ela tocará ao lado dos norte-americanos Betsy Braud, na flauta, e Frank Comiskey, no piano. O dominicano Carlos Valadares e os brasileiros Reinaldo Pestana e Luiz Alves assumem a percussão. 

Este será o primeiro de uma série de três concertos que o espaço receberá nesta 17ª edição do evento. No dia 14/7, quem sobe ao palco é Jorgensen Thorwald (theremin), da Holanda, e Mercedes Ramirez (harpa), do Paraguai. Já no dia 21/7, é a vez da Orquestra de Pandeiros Tum Tá que Tá (BRA) se apresentar, contando com a participação especial do belga Jacques Vandelvede (harpa dupla).

 

RioHarpFestival na Serra

Parceiro do evento, o Sesc RJ também levará o RioHarpFestival para a Região Serrana, incluindo-o dentro da programação do Festival Sesc de Inverno. No dia 23 de julho, o Sesc Quitandinha, em Petrópolis, receberá a Orquestra Rio Camerata, com a solista Vanja Ferreira sob regência do maestro Israel Menezes.

 

SERVIÇO

Sesc recebe o 17º RioHarpFestival

Dias 7, 14 e 21 de julho de 2022 – 18h

Espaço Cultural Arte Sesc

Rua Marquês de Abrantes 99 – Flamengo – Rio de Janeiro

Entrada franca*

*Sujeito à lotação do espaço

 

PROGRAMAÇÃO

7 de julho

Quinteto Ecos Latinos

Patrice Fisher, harpa; Frank Comiskey, piano; Betsy Braud, flauta (Estados Unidos). Carlos Valadares, percussão (República Dominicana). Reinaldo Pestana, Luiz Alves, percussão, (Brasil).

 

14 de julho

Jorgensen Thorwald, theremin (Holanda); Mercedes Ramirez, harpa (Paraguai).

 

21 de julho

Orquestra de Pandeiros Tum Tá que Tá. Participação especial: Jacques Vandelvede, harpa dupla (Bélgica).