Festa com pocket show comemora lançamento do podcast “Rita Lee – Discografica comentada”

0
250

O lançamento do podcast “Rita Lee – Discografia comentada” vai ganhar uma festa com pocket show no Galeria Café, em Ipanema. Na próxima quarta-feira, 11 de outubro, das 20h às 23h, a boate em Ipanema vai receber pessoas que participaram dos programas e fãs de Rita Lee. 

Para a comemoração, a cantora e compositora Crikka Amorim preparou um pocket show especial com músicas de Rita. Crikka (voz e violão) vai estar acompanhada de Nito Lima (guitarra) e Alcione Ziolkowski (percuteria). Antes e depois do show, o som da casa traz sucessos e raridades do repertório de Rita Lee. 

O Galeria Café fica na Rua Teixeira de Melo 31, em Ipanema. Entrada franca.

O podcast já está no ar. Confira as plataformas em https://linktr.ee/ritalee.discografiacomentada 

O projeto conta com incentivo da Prefeitura Municipal de Niterói e da Secretaria Municipal das Culturas (SMC), por meio do edital Fomentão.

O podcast “Rita Lee – Discografia comentada”, com 33 episódios, traz comentários e histórias sobre todos os álbuns de Rita Lee. Os episódios já estão disponíveis em https://linktr.ee/ritalee.discografiacomentada

A discografia de Rita Lee, além de rica e diversa, faz um panorama do crescimento do pop/rock brasileiro. Rita é personagem fundamental desde a Tropicália, passando pelo rock dos anos 70 e 80, pioneira no fenômeno dos Acústicos dos anos 2000 e se manteve relevante durante os 44 anos que compreendem seu primeiro álbum (“Os Mutantes”, 1968) e seu mais recente (“Reza”, 2012). 

O jornalista niteroiense Beto Feitosa, que desde os três anos é fã e acompanha essa história, produziu, escreveu os roteiros e narra essa história. Além dele, outros dez nomes da imprensa e da pesquisa musical trazem suas visões para a obra de Rita: Silvio Essinger, Rodrigo Faour, Antonio Carlos Miguel, Leonardo Lichote, Mauro Ferreira, Patricia Palumbo, Jose Telles, Danilo Casaletti, Bernardo Araújo e Adriana de Barros. Outros jornalistas participam dos episódios trazendo histórias sobre músicas como Chris Fuscaldo, Tito Guedes, Fábio Vizzoni, Rubinho Vitti e Ayrton Mugnaini Jr. 

A série também inclui depoimentos e histórias de pessoas que participaram dos álbuns. Produtores como Moogie Canazio, Guto Graça Mello e Max Pierre; músicos como Lee Marcucci, Ricardo Feghali, João Barone,  André Christóvam, Claudio Infante, Milton Guedes, Gel Fernandes entre outros; parceiros como Lúcia Turbull e Carlos Rennó. 

Na história entram também depoimentos de artistas como Caetano Veloso, Marina Lima, Paula Toller, Fernanda Takai, Ná Ozzetti, Angela Ro Ro, Dóris Monteiro, Fafy Siqueira entre outros. 

O programa foi totalmente gravado, editado e co-produzido por Crikka Amorim no NaCaverna Estúdio. A produção é assinada pelo site Ziriguidum.com, que estreou em 1996 justamente com uma entrevista com Rita Lee. 

O podcast “Rita Lee – Discografia comentada” está disponível nas principais plataformas de podcast .

 

 BETO FEITOSA – apresentação, roteiro e produção

O jornalista niteroiense Beto Feitosa acompanha a carreira de Rita Lee desde seus três anos. Em 1996 lançou a revista “Ziriguidum”, que fincou sua bandeira na internet como o primeiro site sobre música brasileira. Dois anos depois criou RadioAtivo, programa online que entrevistou nomes como Rita Lee, Moska, Zélia Duncan, Leila Pinheiro entre outros. Experiência pioneira no Brasil do formato que hoje é conhecido como podcast.

 

CRIKKA AMORIM – gravação, edição e co-produção

Cantora, compositora e produtora, Crikka Amorim tem três álbuns lançados. A primeira vez que tocou em rádio foi justamente em uma demo apresentada por Rita Lee em seu programa Rádio Amador, que foi ao ar em 1986 na Rádio Cidade. Entre seus trabalhos tem o álbum “Pirataria – Rita Lee por Crilkka Amorim”, lançado em 2007. Produz seus trabalhos e de outros artistas no NaCaverna Estúdio.

O projeto conta com incentivo da Prefeitura Municipal de Niterói e da Secretaria Municipal das Culturas (SMC), por meio do edital Fomentão.