Residência histórica no Morro do Embaixador abrigará o Museu Marinheiro João Cândido, em São João do Meriti

0
111

Líder da Revolta da Chibata, que pôs fim aos castigos sofridos pelos marinheiros até a primeira metade do século XX, João Cândido, também conhecido como Almirante Negro, dá nome ao museu de São João de Meriti, local onde viveu e que o reconhece como herói municipal.

Na última quinta-feira (04/06), a Secretária de Cultura, Lazer, Direitos Humanos, Igualdade Racial e Turismo (SEMCULDHIR), Ana Paula Rosa, esteve no Morro do Embaixador para acompanhar o andamento das obras.

O local abriga a antiga residência do embaixador português Martinho Nobre de Melo, outra área histórica da cidade e foi escolhido para abrigar o novo museu.

Além da reforma do casarão o projeto inclui uma área recreativa, com quadra de esportes, academia ao ar livre e parquinho infantil. “Nosso objetivo é fazer a integração entre sociedade local e a nossa história, não permitindo que a memória de João Cândido e do Morro do Embaixador se percam”, disse a secretária da pasta, Ana Paula Rosa.

Líder comunitário e um dos responsáveis pela escolinha de futebol Projeto Jovem Embaixador, Carlos Roberto, o Nem, contou que fez o pedido para que a quadra de esportes fosse implantada, visto que o projeto anterior não cederia o espaço. “Foi nosso único pedido e a prefeitura nos atendeu”, disse.

Zilmar Duarte, presidente da Associação dos Amigos do Museu Marinheiro João Cândido, afirmou que está muito feliz pelo projeto ter saído do papel “É difícil conter as lágrimas ao voltar aqui e não encontrar mais aquele monte de lixo. Vínhamos lutando por isso há anos, estou maravilhada”.

A Prefeitura de São João de Meriti, por meio da SEMCULDHIR, está trabalhando para manter as raízes e história preservadas para as próximas gerações.