Rio em Forma completa dois anos, com homenagem a professores e monitores

0
305

O prefeito Eduardo Paes, acompanhado pelo secretário municipal de Esportes, Guilherme Schleder, participou, nesta quarta-feira (01/11), da homenagem aos professores e monitores do projeto Rio em Forma, que comemora dois anos. O programa oferece atividades esportivas gratuitas à população.  

– Queria agradecer muito a vocês, professores e monitores, dar os parabéns. Esse projeto tem algumas dimensões. Tem uma, que é meio óbvia, que tem a ver com a saúde das pessoas. Sabemos como é transformadora a prática esportiva na qualidade de vida. O que vocês fazem é saúde preventiva, evitando que as pessoas adoeçam. E tem uma dimensão que tem a ver com a ocupação do espaço público, trazendo manutenção e cuidado com aquele lugar e um sentimento de pertencimento. O Rio é uma academia ao ar livre – afirmou o prefeito, durante a cerimônia na Arena Carioca 2, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca.  

Com mais de 700 núcleos, o projeto tem como objetivo levar saúde, esporte e lazer para todos os bairros da cidade de forma gratuita e beneficia mais de 60 mil alunos. Dentre as mais de 50 modalidades oferecidas estão futebol, basquete, ginástica, zumba, funcional, surfe, jiu-jitsu, judô, entre outras. As aulas ocorrem em locais públicos, como praças, parques, praias e vilas olímpicas.  

– Vivemos a retomada do esporte na cidade do Rio. Reabrimos as vilas olímpicas e voltamos com o Rio em Forma. São dois anos que o projeto voltou, temos quase mil pessoas empregadas, entre monitores e professores, dando aulas para 60 mil alunos, trazendo bem-estar e saúde. Esse programa tem uma importância incrível – disse o secretário de Esportes. 

Os núcleos esportivos do projeto são compostos por um professor e um monitor. Neles, a população tem a oportunidade de participar das aulas nas proximidades dos locais onde residem. O projeto vai além de simplesmente proporcionar atividades físicas. Ele auxilia na melhora da qualidade de vida e na transformação dos alunos em cidadãos mais conscientes. 

– Acho muito importante essa valorização dos professores e monitores. São os professores que tocam o projeto e têm contato direto com os alunos. Com essa homenagem, vemos que somos bem acolhidos e com esse acolhimento conseguimos transmitir isso para os alunos. Hoje em dia está em pauta a questão da qualidade de vida. Costumo falar para os meus alunos e alunas para praticarem atividade física porque isso é muito importante para a saúde – destacou o professor Victor Hugo Marques, de 32 anos, que dá aulas de funcional em uma praça e uma quadra poliesportiva no bairro de Higienópolis, na Zona Norte da cidade.  

Coordenadora técnica do Rio em Forma, Michelle Oliveira destacou o trabalho dos professores, quem tem feito a diferença na vida de muitas pessoas. 

– Vocês mudam vidas, transformam vidas, fazem acontecer. Esse projeto traz qualidade de vida para toda a população que necessita praticar uma atividade física – ressaltou Michelle.