Site do Banco de Partituras Memória do Cavaquinho Brasileiro será lançado em dezembro

0
193

No próximo dia 15 de dezembro, a partir das 18 horas, será lançado o site do Banco de Partituras Memória do Cavaquinho, no Centro da Música Carioca Artur da Távola, na Tijuca, zona Norte do Rio de Janeiro. Com patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro através do Programa de Fomento Carioca – FOCA, o objetivo é ter um espaço referência quando o assunto for o cavaquinho brasileiro. 

Segundo Pedro Cantalice, idealizador do projeto, a ideia é fomentar informações sobre o cavaquinho e sua história dentro da música popular brasileira. “O que queremos é reunir os músicos, divulgar seus trabalhos, pesquisar, aprender e desenvolver melhores condições artísticas e profissionais para o nosso nicho. Não se engane, o Brasil é um país que tem muita memória e se depender da gente sempre será viva”, afirma. 

Pedro lembra ainda que, desde o início do projeto sempre houve uma demanda muito grande por partituras de diversos ritmos musicais em que o cavaquinho pode ser usado. “Nesse sentido eu mesmo transcrevi algumas obras, mais do que isso, recebia frequentemente mensagens de seguidores do trabalho, em que enviavam partituras de algumas músicas como forma de colaboração. A carência de partituras era tão grande que teve um professor de uma escola de música de São Paulo que propôs aos seus alunos que transcrevessem as músicas do canal como forma de avaliação, ampliando assim o número de material escrito para o cavaquinho”, exemplifica. 

O cavaquinho é um instrumento que tem uma diversidade de modelos espalhados em várias partes do mundo, Portugal, Cabo Verde, Indonésia e Havaí, e, consequentemente, tem diversos sotaques, mas no Brasil se faz presente na música popular desde os primórdios e é parte da tradição do nosso povo. “Com um som brilhante e muito carismático, o pequeno cordofone tem em sua trajetória geniais intérpretes que desenvolveram novas formas de tocar, e criaram/criam muitas obras primas musicais, algumas são consideradas ‘hinos’ da nossa cultura. O que dizer de Brasileirinho, de Waldir Azevedo?”, questiona Pedro.  

Ainda segundo o idealizador, mesmo com a popularidade do instrumento, não é tão fácil encontrar as melodias feitas para cavaquinho grafadas em partitura. “Por ter sua aprendizagem historicamente relacionada à tradição oral, muitos músicos que se dedicam ao cavaquinho acabam não estudando a escrita musical tradicional, com isso, por vezes, suas músicas não são tocadas, ou até mesmo ficam perdidas por falta de registro musicográfico”, explica. 

O Banco de Partituras Memória do Cavaquinho Brasileiro, nasce com a proposta de contribuir para a literatura do instrumento, no sentido de transcrever e divulgar obras musicais de mestres do cavaquinho de diferentes gerações, desde o século XIX até as mais atuais. No modelo de portal na web, o Banco, além disso, contará com perfis biográficos, trabalhos realizados sobre o cavaquinho, links para vídeos, entrevistas e muito mais. “A ideia é que seja um movimento coletivo, onde qualquer pessoa possa colaborar para ampliar nossas atividades”, aponta Cantalice.

 


Sobre o site

O Banco de Partituras Memória do Cavaquinho surge da necessidade de ampliação, e para dar maior acessibilidade à pesquisa já existente, intitulada Memória do Cavaquinho Brasileiro, que atualmente conta com um canal no Youtube, e redes sociais no Instagram e Facebook. Memória do Cavaquinho Brasileiro é um acervo digital que se dedica à pesquisa e divulgação de diferentes trajetórias do cavaquinho no Brasil. 

Através de publicações de áudios, vídeos, textos e imagens em redes sociais, aborda assuntos gerais que estejam diretamente ligados ao instrumento, bem como seus intérpretes, compositores, métodos de ensino, trabalhos acadêmicos, partituras, curiosidades etc. Com a missão de ampliar o conhecimento a respeito do pequeno instrumento, o acervo dialoga com diferentes metodologias para coleta de dados, desde história oral a pesquisa documental.

Para a criação do Banco de Partituras, foi construído um site onde estão disponíveis conteúdos relacionados a prática musical em que o cavaquinho está inserido focando no Município do Rio de Janeiro. Dentre estes conteúdos estão partituras de músicas de compositores que dedicaram obras para o cavaquinho, perfis biográficos de intérpretes e compositores, imagens, textos e pesquisas anteriores.

A proposta é ter um portal inédito que abrigue e divulgue informações gerais sobre a cultura do cavaquinho brasileiro, tendo destaque cavaquinistas e compositoras (es) que dedicaram sua obra para a prática do instrumento. “Desde o início da música urbana popular brasileira no século XIX até os dias de hoje o cavaquinho é um instrumento musical presente, no entanto, não há pesquisas dedicadas à sua cultura e trajetória”, explica Pedro Cantalice. 

Junto a isso, no ano de 2023 se comemora 5 anos de existência do projeto Memória do Cavaquinho Brasileiro, para celebrar a vida desta iniciativa e realizar o lançamento oficial do site, propomos um coquetel de lançamento aberto ao público em que será apresentado os conteúdos presentes no sítio da internet e é claro a música se fará presente em formato de sarau, em que receberá alguns dos compositores que colaboraram com suas obras para o banco de partituras.

 


SERVIÇO:

Lançamento do Site Memória do Cavaquinho Brasileiro

Dia 15 de dezembro, às 18h

Centro da Música Carioca Artur da Távola

Rua Conde de Bonfim, 824 – Tijuca, Rio de Janeiro