Declaração do presidente da Fecomércio RJ sobre o aniversário do Rio

0
238

Declaração do presidente da Fecomércio RJ, Antonio Florencio de Queiroz Junior,sobre o aniversário do Rio de Janeiro (01/03).

“Celebramos hoje os 459 anos de um dos maiores cartões postais do Brasil. É um orgulho ser carioca e poder auxiliar com ações o crescimento econômico e social do Rio. Reafirmo o compromisso da Fecomércio RJ em contribuir para esse desenvolvimento e para um futuro brilhante. 

Reconhecida pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade, a cidade do Rio é uma referência mundial, atraindo turistas de todos os cantos do planeta e encantando a todos com suas belezas naturais e seu povo hospitaleiro. 

É bem verdade que o Rio de Janeiro passou por momentos difíceis, mas a união do empresariado e do poder público mostrou que juntos podemos virar o jogo. E viramos. Nos últimos anos, nossa economia vem se recuperando, com geração de emprego e renda crescentes. 

Como diz o imortal acadêmico Gilberto Gil: O Rio de Janeiro continua lindo. 

Parabéns, Cidade Maravilhosa!”

 

Sobre a Fecomércio RJ

Reúne 59 sindicatos patronais, líderes empresariais, especialistas e consultores com o objetivo de fomentar o desenvolvimento dos negócios no setor do comércio de bens, serviços e turismo no estado do Rio de Janeiro. Desenvolve soluções, pesquisas e disponibiliza conteúdo sobre questões que impactam a vida do empreendedor e colaboram nas decisões dos gestores públicos. Representa mais de 330 mil estabelecimentos, que respondem por 2/3 da atividade econômica do estado e 68% dos estabelecimentos, gerando mais de 1,6 milhão de empregos formais, que equivalem a 60% dos postos de trabalho no estado. Através do Serviço Social do Comércio (Sesc RJ) atua em assistência social, cultura, educação, lazer e saúde aos comerciários e população carente, enquanto o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac RJ) promove educação profissional voltada para o setor. 

A Fecomércio RJ e o Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ) são signatários do Pacto Global da ONU. Ao terem suas adesões oficializadas pelo organismo internacional, as duas Casas se comprometem com os dez princípios universais derivados da Declaração Universal dos Direitos Humanos, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho sobre Princípios e Direitos Fundamentais do Trabalho, da Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, e da Convenção das Nações Unidas Contra a Corrupção, se alinhando aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que integram a Agenda 2030.