Prefeitura de Varre-Sai emite novo decreto com regras de funcionamento para o comércio

0
294

Após dez dias de Lockdown em Varre-Sai, com várias restrições e liberação somente de serviços de atendimento em saúde, a Prefeitura Municipal emitiu um novo Decreto com novas regras de funcionamento do comércio como medida de enfrentamento ao novo coronavírus. A partir desta terça-feira (25/08), fica liberado o funcionamento dos estabelecimentos comerciais, com horário estabelecido das 6 às 17 horas.

Sendo obrigatória a higienização de forma regular, das mãos dos comerciários e funcionários, balcões, caixas, maçanetas e locais de manuseio coletivo, bem como de veículos para entrega de mercadorias.

De acordo com o Decreto nº 1749, fica suspensa a abertura e atendimento ao público no interior e na parte externa dos bares, que permanecem ativos somente para delivery (entrega de produtos).

O Decreto mantém a suspensão das aulas nas unidades da rede pública e privada de ensino no município, do atendimento presencial no prédio da Prefeitura de Varre-Sai, da realização de eventos e atividades com a presença do público com aglomeração de pessoas, da entrada e circulação de vendedores ambulantes no município, das visitas a pacientes em estabelecimentos públicos e privados de saúde, especialmente daqueles suspeitos ou diagnosticados com Covid-19 e por fim, a aglomeração e pessoas em vias públicas. Fica mantida a obrigatoriedade do uso de máscaras e a restrição da realização dos velórios no período de duas horas, com preferência para familiares e sem aglomeração. E em caso de óbito por Covid-19, não haverá velório.

Para o funcionamento de postos de combustíveis e pousadas e hotéis, não há restrições de dia e horário, bem como as celebrações e cultos nas igrejas instaladas no município, devendo as mesmas observar as recomendações e restrições de seus representantes, da OMS, do Ministério da Saúde e da Vigilância Sanitária do município. Além das medidas como distanciamento de 2 metros entre as pessoas, com marcação de locais a serem ocupados, higienização dos bancos, disponibilização de álcool 70º, restrições à participação nas celebrações e cultos de pessoas do grupo de risco ou sintomas de Covid-19 e utilização de máscaras.