Sede do CRA-RJ é ponto de arrecadação para doações às vítimas das enchentes no RS

0
152

A sede do Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro, localizada na Tijuca, Zona Norte, é um ponto de arrecadação de doações às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Diariamente, a instituição entregará o que for arrecadado na Base Aérea do Galeão. Os itens podem ser entregues de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h. 

Dentre as maiores solicitações para população atingida está água potável, roupas e cobertores, alimentos não perecíveis, material de higiene pessoal e de limpeza e rações para cachorros e gatos. 

– Nesse momento tão trágico do nosso país, precisamos buscar uma maneira prática e significativa de ajudar aqueles que estão passando por momentos difíceis. É uma oportunidade de fazer a diferença e mostrar solidariedade em tempos de necessidade – afirma o presidente do CRA-RJ, Adm. Wagner Siqueira. 

Para o Adm. Miguel Marun, diretor de Administração e Finanças do CRA-RJ e coordenador do Comitê de Ação Humanitária para Coleta de Doações às Vítimas das Tragédias no Rio Grande do Sul do CRA-RJ, é vital que as instituições adotem iniciativas para auxiliar os atingidos por essas catástrofes. 

– Além da resposta imediata às enchentes, devemos também nos comprometer com o apoio a longo prazo às comunidades afetadas, auxiliando na reconstrução de infraestrutura danificada, no desenvolvimento de programas de recuperação econômica e na promoção da resiliência comunitária. Assumimos no CRA-RJ o compromisso de ajudar como pudermos as vítimas do Rio Grande do Sul – salienta Marun, que é gaúcho e radicado no Rio de Janeiro. 

A sede do CRA-RJ fica na Rua Professor Gabizo 197 – Tijuca, próximo à estação Afonso Pena do metrô.

 

Responsabilidade 

Signatário do Pacto Global da ONU desde 2011, o CRA-RJ ao se tornar um ponto de coleta de doações para as vítimas das tragédias no Rio Grande do Sul demonstra seu compromisso com diversos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS): 

ODS 1 – Erradicação da Pobreza: Ao apoiar as vítimas que perderam seus bens e meios de subsistência, o CRA-RJ contribui diretamente para a redução da pobreza e da vulnerabilidade. As doações ajudam as pessoas a reconstruírem suas vidas. 

ODS 3 – Saúde e Bem-Estar: O impacto das tragédias na saúde física e mental das vítimas é significativo. Ao facilitar o acesso a recursos e suprimentos, o CRA-RJ apoia o bem-estar das pessoas afetadas, contribuindo para a recuperação e a reconstrução de suas vidas. 

ODS 10 – Redução das Desigualdades: Tragédias como essa tendem a exacerbar as desigualdades existentes. A ação do CRA-RJ demonstra solidariedade e busca minimizar o impacto desproporcional sobre grupos vulneráveis, promovendo a inclusão e a equidade. 

ODS 11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis: A reconstrução das comunidades afetadas é essencial para o desenvolvimento sustentável. O apoio do CRA-RJ contribui para a resiliência das cidades e comunidades, ajudando-as a se recuperarem de choques e desastres. 

ODS 17 – Parcerias e Meios de Implementação: A ação do CRA-RJ é um exemplo de parceria e colaboração para alcançar os ODS. Ao mobilizar a sociedade e facilitar as doações, o CRA-RJ fortalece os meios de implementação para o alcance dos objetivos globais.

 

Além dos ODS mencionados, a ação do CRA-RJ também se conecta com princípios humanitários fundamentais, como solidariedade, compaixão e respeito à dignidade humana.