Mangaratiba – Educação oferece e-books com conteúdo inclusivo para alunos da rede municipal de ensino

0
104

A Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (SMEEL) disponibilizou mais um conteúdo sobre inclusão para estudantes da rede municipal de ensino de Mangaratiba. Os e-books com conteúdo sobre inclusão estão disponíveis a partir desta quarta-feira (5/08) na página da Prefeitura, no portal da SMEEL https://www.mangaratiba.rj.gov.br/smeel/, no link da Educação Inclusiva.

Serão cinco livros com conteúdo inclusivo, desenvolvidos pelo Instituto Incluir. Os e-books trazem histórias que retratam as trajetórias de vida de pessoas com algum tipo de deficiência que se reinventam através do esporte, da educação e da cultura.

O título “O Melhor Amigo da Bengala” também será disponibilizado em formato de vídeo narrado e em LIBRAS, um trabalho belíssimo da Superintendência de Projetos da SMEEL.

Segundo o secretário da pasta, Hamilton Lopes de Lima, a ação foi possível devido a parceria da SMELL, por meio da Diretoria de Educação Especial e Diversidade (DEED), e o Instituto Incluir, criador do projeto Literatura Acessível. “É um projeto que dá muito orgulho à equipe da SMEEL que está buscando alcançar a todos os estudantes durante o período de quarentena”.

Alessandra Andrade, diretora da DEED e responsável pela parceria, acrescenta que o projeto tem uma proposta de multiplicidade. “Ele estimula o protagonismo da diversidade e propõe discussão saudável, na perspectiva inclusiva, dentro e fora das escolas”.


SAIBA UM POUCO SOBRE CADA HISTÓRIA

– A menina que perdeu a perna: uma menina que perdeu a perna, em vez de ficar triste, resolve mudar a forma de encarar a vida.

– O menino que escrevia com os pés: esse livro conta a história de Tico, um menino alegre que, após sofrer um acidente ao soltar bombas, perde as duas mãos e se reinventa através do esporte e da educação.

– A Princesa que tinha um cromossomo a mais: é a história de uma menina que nasce com Síndrome de Down e se reinventa no cotidiano da barbárie do preconceito instalado na sociedade pós-moderna.

– O melhor amigo da bengala: este livro surge da ideia de mostrar a pessoa com deficiência como protagonista de sua própria história. Com a narrativa de sua bengala, o personagem deste livro é uma pessoa que fala da sua vida e propõe reflexões sobre a invisibilidade da pessoa com deficiência.

– Ico e o mundo que queremos construir: essa é a história de um menino sensível que adora fazer perguntas e entrevistar pessoas. Sua mente funciona como um “banco de dados”, cheia de ideia. O nome dele é Enrico. Mas podem chamá-lo de Ico!