GRES Chatuba de Mesquita definiu o hino oficial para o Carnaval 2023

0
617

Na noite do último sábado (05/11), a Escola de Samba Chatuba de Mesquita realizou a grande final de seu concurso de samba-enredo para o carnaval 2023, quando a agremiação prestará homenagem ao cantor e compositor Carlos Roberto de Oliveira, o Dicró.

Sagrou-se campeã a parceria dos compositores Nathan Wallace, Wellington Cavaco, Ronaldo Jr, Diego Oliveira e Junior PQD.

A festa contou ainda com apresentação da sua nova rainha de bateria, Sol Morena, da madrinha Hellen Tempestade e também da sua nova segunda porta-bandeira, Ranaa Lea.

Para o carnaval de 2023, a Chatuba de Mesquita irá levar para a passarela popular da Intendente Magalhães,  uma grande homenagem ao sambista Carlos Roberto de Oliveira, o  Dicró, com o enredo “Eis o malandro Dicró pela Lapa outra vez”, desenvolvido pelo carnavalesco Matheus Rodrigues.

Confira o samba campeão.

Em verso e prosa vou contar minhas memórias
Nessa Lapa de outrora bom  malandro me tornei
Traz uma cerveja, um baralho
Jogos, bingos e cartelas
Salve Zé! Laroyê
Nasci num carnaval passado
Na baixada  fui criado, lutando dia e noite pra sobreviver!
No Terreiro de umbanda aprendi  samba de roda
Pra ganhar um qualquer eu inventava histórias
Seguindo sempre meu caminho
Na trilha do sucesso sempre tinha um porém
A vida me ensinando enxergar bem mais além
Vou na labuta, não existe vitória sem luta

Oh luar, Oh luar
A noite é da malandragem aiá
Deixa a lua brilhar, deixa a lua
Oh luar a noite é da malandragem aiá
Deixa a lua brilhar.

Ganhei enfim, os frutos de um sonho se concretizou
Ainda  o preconceito inexistente em me olhar, mas não me deixei abater
As águas que reflete o sol ardente de verão
És meu orgulho, nascente de inspiração
Cantei o futuro ôoo, contei as verdades lalaia
Conhecia os direitos do povo na minha cidade
Chatuba ensina  esse país o jeito certo de  viver
Unidos somos fortes pra vencer!

Achei meu lugar , encontrei meu valor
Chatuba de Mesquita eu sou …
Altar de boêmio, celeiro de bambas
Salve a vida, viva o samba