“Os Balés Russos e as Transformações na Visualidade da Cena” é o tema da Campanha #AulaEmCasa do Theatro Municipal do Rio de Janeiro

0
86

Na próxima segunda-feira (19/10), a Campanha #AulaEmCasa vai receber a cenógrafa e figurinista Desirée Bastos. Mestre em Artes Visuais pelo Programa de Pós-graduação em Artes Visuais da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro e professora do curso de Artes Cênicas da Escola de Belas Artes/UFRJ, Desirée vai abordar os conceitos de visualidade da cena desenvolvidos na participação das vanguardas artísticas do século XX através dos Balés Russos. Também vai falar sobre os desdobramentos desses movimentos no Brasil e na obra de outros artistas da cena. A live começa às 14h, no Instagram (@theatromunicipalrj). Amplie o seu conhecimento assistindo a Campanha # AulaEmCasa.

Sobre Desirée Bastos

Desirée Bastos é cenógrafa e figurinista, mestre em Artes Visuais pela UFRJ e professora do curso de Artes Cênicas desde 2011 na mesma instituição. Pesquisa e atua nas áreas de teatro, dança, vídeo, ópera, artes plásticas e carnaval. Internacionalmente, expôs a cenografia do espetáculo A Inquietude (2009) no World Stage Design em Cardiff, Reino Unido (2013). Teve dois trabalhos selecionados para a Quadrienal de Praga, República Tcheca (2011): Cenaparaumfigurino1, exibido entre os quatro trabalhos brasileiros na mostra competitiva internacional Extreme Costumes; e Cenaparaumfigurino2, incluído na mostra Street Stories. Recebeu indicações ao prêmio Zilka Salaberry de teatro infantil na categoria melhor figurino com o espetáculo A menina Edith e a velha sentada (2013). Também indicada ao prêmio FITA nas categorias de melhor cenografia e melhor figurino com o espetáculo Calango Deu! Os causos de dona Zaninha (2014), foi contemplada com o prêmio de melhor cenografia. Entre os últimos trabalhos estão: júri do grupo especial de Escola de Samba do Rio de Janeiro (2015-2017); Coautoria dos livros: Para vestir a cena contemporânea (2015) e, Para meninas, meninos e suas bonecas (2017), ambos da Editora Estação das Letras e Cores; Membro curatorial da Mostra Estudantil Brasileira da Quadrienal de Praga (2019); Cenografia para a ópera Porgy and Bess (2017), Figurinos e cenografia para a ópera O Elixir do Amor (2019), ambas produções do Palácio das Artes-Belo Horizonte.

Serviço:

Campanha #AulaEmCasa no Theatro Municipal do Rio de Janeiro com a cenógrafa e figurinista Desirée Bastos em “Os Balés Russos e as Transformações na Visualidade da Cena”

Data: 19 de outubro – segunda-feira

Live/ aula on-line às 14h

Plataforma: Instagram @theatromunicipalrj

Patrocínio Ouro @valenobrasil e @petrobras