Pesquisa da Fecomércio RJ mostra que hábitos dos consumidores levam em consideração a preservação do meio ambiente

0
72

Sondagem do Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ) feita com 539 consumidores fluminenses, entre os dias 9 e 15 de agosto, sobre o consumo consciente mostra que 79% dos entrevistados têm hábitos que levam em consideração o meio ambiente, enquanto 14,1% não sabem dizer e 6,9% não levam em consideração. 57,1% afirmam que suas ações rotineiras estão associadas às mudanças climáticas e 55,8% dão preferência para consumir de empresas que adotam práticas socioambientais nos seus produtos e serviços. O objetivo da pesquisa é identificar o posicionamento da população fluminense em relação aos problemas ambientais e as atitudes que as pessoas tomam ou não para minimizá-los. 

A maioria dos entrevistados, 93,3%, diz ter o hábito de apagar as luzes ao sair de um recinto, enquanto 83,3% fecham a torneira ao escovar os dentes. Ainda sobre os hábitos em casa, 72,9% têm o hábito de adquirir eletrodomésticos que funcionem com o menor consumo de energia, 14,7% lavam o carro com mangueira e 10% varrem/lavam a calçada com mangueira.

Hábitos com os resíduos

Sobre os hábitos que possuem com os resíduos, 50,6% afirmaram separar o óleo de cozinha para reciclagem, 48,6% reduzem o uso de papéis e produtos descartáveis e 44,7% separam o lixo seco do lixo orgânico para reciclar.

Relação com o meio ambiente

59,2% disseram consumir produtos com menor impacto para o meio ambiente, como lâmpadas de LED, 51,8% plantam árvores ou cuidam de jardins/plantas e 42,5% utilizam transporte público ou bicicleta, ao invés de carro.

 

Alimentação e produtos pessoais

A pesquisa também quis saber sobre os hábitos da população fluminense com a alimentação e produtos pessoais. 68,6% disseram que utilizam sobras de refeições para fazer uma nova refeição, 29,3% consomem produtos orgânicos e 27,5% não consomem produtos testados em animais.

 

Compras

Em relação aos hábitos nas compras, 83,7% disseram que verificam a validade de um produto antes de comprá-lo, enquanto 79,2% costumam verificar, antes, se a embalagem do produto está danificada. 73,8% dos consultados afirmaram que verificam os armários e a geladeira antes de fazer as compras e 70,1% disseram que consomem produtos legalizados, ou seja, não contrabandeados, originais, com procedência conhecida. Ainda sobre os hábitos nas compras, 62% dos entrevistados solicitam a nota fiscal e 61% leem o rótulo de um produto antes da compra.

 

Coleta de lixo

A pesquisa Consumo Consciente também quis saber o que acontece com o lixo coletado nas ruas. 63,9% dos entrevistados disseram que o lixo é misturado na coleta, sem separação entre reciclável e orgânico, enquanto 19,3% afirmaram que ele é tratado corretamente. Dos consumidores consultados, 16,1% não souberam dizer o que é feito com o lixo recolhido em suas ruas. Apenas 0,9% disseram que não há coleta.

 

 

Sobre a Fecomércio RJ

Reúne 59 sindicatos patronais, líderes empresariais, especialistas e consultores com o objetivo de fomentar o desenvolvimento dos negócios no setor do comércio de bens, serviços e turismo no estado do Rio de Janeiro. Desenvolve soluções, pesquisas e disponibiliza conteúdo sobre questões que impactam a vida do empreendedor e colaboram nas decisões dos gestores públicos. Representa mais de 321 mil estabelecimentos, que respondem por 2/3 da atividade econômica do estado e 68% dos estabelecimentos fluminenses, gerando mais de 1,5 milhão de empregos formais, que equivalem a 60% dos postos de trabalho com carteira assinada no estado. Através do Serviço Social do Comércio (Sesc RJ) atua em assistência social, cultura, educação, lazer e saúde aos comerciários e população carente, enquanto o Serviço Nacional de Aprendizagem Comércio (Senac RJ) promove educação profissional voltada para o setor.