Tendências e ações promocionais no Fórum Comercial do HotéisRIO

0
269

Os planos da Riotur e da TurisRio para incentivar o turismo do Rio de Janeiro, tendências de mercado e turismo médico. Estes foram alguns dos temas abordados na terceira edição deste ano do Fórum Comercial do HotéisRIO, realizado nesta quinta-feira, dia 23, no Fairmont Rio de Janeiro Copacabana.

O presidente do fórum, José Domingo Bouzon, lembrou que boa parte da recuperação do turismo fluminense pós-pandemia é resultado da atuação do poder público, tanto estadual quanto municipal. “O trabalho de divulgação liderado, em especial pelo secretário Tutuca, foi fundamental para a retomada. O que precisamos agora é de persistência, como o aumento de esforços em mídias sociais. O Instagram da cidade de Madrid é um bom exemplo para estudarmos. Outro ponto é que temos que explorar novos mercados e um deles é o México, um país com boa renda per capita e cujos cidadãos devemos atrair para cá”. Bouzon convidou todos a estarem presentes na próxima edição do fórum, no dia 21 de junho, que terá na pauta uma apresentação da Embratur.

Esta edição do fórum foi uma oportunidade de o mercado ter maior contato com o novo presidente da Riotur, Patrick Corrêa. “Sou movido a desafios”, disse ele. “O Rio é uma cidade pulsante que precisa de um calendário de eventos, como o Carnaval e o Rock in Rio. Temos um alinhamento entre as esferas do poder público – federal, estadual e municipal – e essa sinergia vai proporcionar bons resultados. Um dos caminhos será investir em mídias programáticas, para atrair visitantes”.

Na ocasião também foi apresentado o novo formato da Experiência Rio / O Rio é de Vocês, pelo presidente da TurisRio, Sérgio Ricardo Almeida. Ele apresentou o calendário de feiras nas quais a instituição esteve presente e os eventos futuros. “Vamos investir ainda mais em divulgação. Ampliamos o projeto ‘O Rio é de vocês’, vamos dar um tom mais comercial”. Sérgio Ricardo também fez uma avaliação dos mercados emissores estrangeiros. “A Argentina está caindo muito. Temos que explorar mais o mercado chileno, que gasta até mais do que os “Hermanos”. E queremos também atrair os paraguaios – para isso estamos tentando convencer a Azul a criar um voo diário entre Assunção e Rio”.

“Uma das palestras do fórum foi sobre tendências de mercado, ministrada pela Booking.com. Renan Melo, gerente de Equipe de Mercado, e Tania Monteiro, gerente de Conta Sênior, apresentaram dados de pesquisas anuais organizadas pela empresa para entender o comportamento de quem busca serviços turísticos e destinos. “Os levantamentos mostram a importância de eventos esportivos e culturais. Entre os 9% de brasileiros que devem viajar para assistir a alguma competição esportiva, 61% deles têm interesse em campeonatos esportivos locais ou regionais – e isso não se limita a futebol, há interesse também por automobilismo, basquete e vôlei; já 24% dos turistas do Brasil escolhem seu destino baseado na oferta de festivais e shows musicais”, explicou Melo. Segundo ele, 59% utilizam redes sociais para inspirar sua viagem e 62% dos brasileiros confiariam na Inteligência Artificial para planejar uma viagem.”

O Coronel Médico do Corpo de Bombeiros Militar do estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) Roberto Miura apresentou o 47º Congresso Mundial de Hospitais – IHF RIO 2024, que acontece de 10 a 12 de setembro no Rio de Janeiro, com mais de 1,8 mil participantes de 90 países, o que vai movimentar a hotelaria. “Os tratamentos médicos estão deixando de ser regionais e estão ficando transnacionais – os norte-americanos vão para a Turquia para fazer implante de cabelo. O mercado de cirurgias eletivas é muito dinâmico – seguradoras de saúde norte-americanas enviam pacientes de lá para que façam cirurgias aqui por US$ 40 mil, enquanto lá custariam US$ 100 mil – e a qualidade é a mesma. Por isso a infraestrutura turística – hoteleira e logística – é tão importante. Quando o aeroporto do Galeão começou a apresentar esvaziamento, a TAAG suspendeu seus voos para cá e os angolanos passaram a buscar tratamento em São Paulo, fazendo com que o Rio perdesse essa fatia de mercado”.

Ao final da reunião os mais 50 representantes das áreas comerciais dos hotéis e convidados se reuniram no foyer do hotel para a tradicional foto da reunião.